Segunda, 01 de Março de 2021
Follow Us

Segunda, 23 Setembro 2019 09:09

Saída de Justino Pinto de Andrade “desfalca” Bloco Democrático

O secretário para a Informação do partido afirmou que a saída de Justino Pinto de Andrade deixa o Bloco Democrático mais pobre, com efeitos prejudiciais nas massas, que gostariam que o político cumprisse o ciclo até 2022, sobretudo neste período em que se avizinham as eleições autárquicas, aprazadas para o próximo ano.

O secretário nacional para Informação do Bloco Democrático (BD), Roberto da Conceição, disse, ontem, que a saída de Justino Pinto de Andrade da presidência do partido surpreendeu os militantes e outras estruturas da organização que consideram a renúncia o surgimento de um vazio para a organização partidária.

Segundo o político, o BD não estava preparado para tamanha supressa, o que representa, actualmente, um autêntico desfalque para a organização partidária, a julgar pelo valor político que Justino Pinto de Andrade agrega, fruto da sua trajectória e experiência política. “O presidente Justino de Andrade já tem uma imagem feita que não se constrói de um dia para o outro.

E essa sua saída é um vazio enorme para nós”, reconheceu. O presidente do Bloco Democrático, Justino Pinto de Andrade, renunciou na Sexta-feira, em Luanda, ao cargo na direcção daquela formação política, tendo afirmado que já cumpriu o seu papel e que não pretende eternizar-se no poder. Segundo o político, que falava na abertura da II Reunião Ordinária da Comissão Política, o país vive, actualmente, um novo ciclo, com mudanças na direcção do MPLA e em breve na UNITA, em antevisão ao congresso deste partido, aprazado para o mês de Novembro.

“Compreendemos que só depois de alcançado o desafio das eleições autárquicas é que ele teria de tomar essa decisão. Seria feito um debate alargado para se avaliar o desempenho do partido e da coligação”, apontou. De acordo ainda com Roberto da Conceição, o partido está a reflectir de modo sereno e a analisar os nomes que vão, nos próximos dias, ser tidos para substituir Justino Pinto de Andrade.

A título de exemplo, o político disse que ontem, o conselho nacional do BD discutiu assuntos ligados a vida interna do partido, com enfoque na análise dos nomes indicados por Justino Pinto de Andrade para a sua substituição. O certame, que durou o dia todo, contou igualmente com a participação de um grupo de mulheres provenientes de todas as províncias. A ocasião serviu também para análise e aprovação de documentos importantes da comissão política e o relatório de actividades, de finanças e contas do secretariado nacional referente ao I trimestre deste ano. OPAIS

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up