Quinta, 22 de Fevereiro de 2024
Follow Us

Quarta, 29 Novembro 2023 16:44

Isabel dos Santos, luta contra proposta para congelar 736 milhões de dólares em activos

A empresária angolana Isabel dos Santos está a contestar um pedido de congelamento de até 580 milhões de libras (736 milhões de dólares) dos seus bens, dizendo esta quarta-feira ao Supremo Tribunal de Londres que é vítima de uma "campanha de opressão" por parte do estado angolano.

A Isabel dos Santos – a primeira mulher bilionária de África, cujo pai José Eduardo dos Santos governou Angola durante 38 anos até 2017 – enfrenta acusações de corrupção em Angola há anos.

Isabel dos Santos nega as acusações e diz ser alvo de uma vingança política de longa data, que viu os seus bens serem congelados ou apreendidos em Angola e Portugal.

A operadora angolana de telecomunicações Unitel está a processar Isabel dos Santos  por empréstimos feitos à empresa holandesa Unitel International Holdings (UIH) em 2012 e 2013, quando dos Santos era administrador da Unitel, para financiar a aquisição de acções da UIH em empresas de telecomunicações.

Os empréstimos não foram reembolsados ​​e cerca de 300 milhões de libras estão pendentes, segundo a Unitel, que conseguiu adicionar Santos ao processo em Maio.

Isabel dos Santos diz que a própria Unitel é responsável pela incapacidade da holandesa Unitel International Holdings (UIH) de reembolsar os empréstimos devido ao seu alegado papel na apreensão ilegal dos activos da UIH por Angola.

A Unitel nega qualquer envolvimento na apreensão de bens e diz que dos Santos está a tentar transformar o caso em “mais uma batalha numa guerra de relações públicas contra o sucessor do seu pai”, o Presidente angolano, João Lourenço. REUTERS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Quarta, 29 Novembro 2023 17:14