Sexta, 01 de Julho de 2022
Follow Us

Terça, 01 Fevereiro 2022 19:12

Primeiro-ministro português é diagnosticado com covid-19 e está em isolamento

Primeiro-ministro testou positivo e está em isolamento, mas sem sintomas. A audiência de quarta-feira em Belém acontecerá sem o líder socialista

O primeiro-ministro e líder do Partido Socialista testou esta terça-feira positivo para a covid-19, anunciou a RTP, apenas dois dias depois de ter celebrado no hotel Altis, em Lisboa, a sua maioria absoluta das legislativas, numa sala cheia de apoiantes (mas todos usando máscara). De resto, toda a campanha foi cheia de iniciativas de rua e comícios, nas mesmas circunstâncias: no último dia de campanha, recorde-se, o líder socialista esteve na tradicional arruada do Chiado, seguindo depois para o pavilhão Rosa Mota, no Porto, fechando os 15 dias de campanha com meio pavilhão cheio.

Um comunicado divulgado entretanto pelo gabinete do primeiro-ministro ao início da tarde adianta-se que António Costa já deu conhecimento da sua situação ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. “O primeiro-ministro efetuou hoje um autoteste de rotina à covid-19 tendo tido um resultado positivo. Esse resultado foi já confirmado por um teste antigénio”, lê-se no comunicado, acrescentando que o chefe do Governo “está sem sintomas e cumprirá um período de isolamento de sete dias”.

Costa tinha marcada para amanhã, quarta-feira, a conversa no Palácio de Belém com o Presidente da República, para ser depois indigitado para formar Governo. Costa deverá ser substituído nessa audiência.

De qualquer forma, isso não deverá atrasar a formação do novo Governo, visto que a preparação do elenco pode ser adiantada à distância. Esta terça-feira, de resto, o gabinete do primeiro-ministro enviou a sua primeira nota de impresa anunciando que a composição desse governo acontecerá na semana de 20 de fevereiro e tentando travar divulgação de informações não oficiais e remetendo qualquer informação para declarações do primeiro-ministro ou notas oficiais.

“Compreende-se a natural curiosidade jornalística pelo processo e composição do novo Governo e outros órgãos, na sequência das recentes eleições parlamentares, mas são puras especulações, sem fonte credível, quaisquer notícias sobre intenções do primeiro-ministro, que não resultem de: declarações do próprio; ou de nota deste gabinete“, lê-se na nota enviada esta terça-feira de manhã às redacções.

Esta é a primeira vez que o primeiro-ministro está infetado com o vírus que provoca a covid-19, mas já esteve em isolamento no período do Natal de 2020.

Em 17 de dezembro de 2020, António Costa iniciou um período de isolamento profilático preventivo, por ter estado dias antes no Palácio do Eliseu, em Paris, com o Presidente francês, Emmanuel Macron, que testou positivo ao novo coronavírus.

Essa situação obrigou, na altura, ao cancelamento de duas visitas oficiais a São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau e a uma deslocação à República Centro-Africana para visitar os militares portugueses em missão neste país.

Rate this item
(0 votes)