Terça, 24 de Novembro de 2020
Follow Us

Domingo, 08 Novembro 2020 02:01

Em seu 1º discurso após vitória, Biden afirma que governará para todos os americanos

Em um discurso de 15 minutos, Joe Biden pregou a união dos americanos. Ele também defendeu que democratas e republicanos trabalhem juntos pelo bem da população.

O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, afirmou na noite deste sábado que governará para todos os americanos em seu primeiro discurso após ser anunciado como vencedor das eleições de terça-feira (3).

"Não vejo estados vermelhos (republicanos). Ou azuis (democoratas). Vejo apenas os Estados Unidos da América", disse ele em um evento no formato drive-in na cidade de Wilmington, em Delaware. "Sou orgulhosamente democrata, mas governarei como um americano". 

"Para todos aqueles entre vocês que votaram no presidente (Donald) Trump, entendo sua decepção esta noite. Já perdi algumas vezes, mas agora vamos dar uma chance um ao outro", disse Biden no tom unificador que marcou sua campanha. Ele não mencionou o fato de que o republicano não reconheceu a derrota até o momento e contesta o resultado da eleição com ações judiciais em diversos estados.

O democrata comemorou a votação recorde que sua chapa recebeu —mais de 74 milhões de votos—, um ponto que contribui para sua estratégia de não confrontar o republicano ao mesmo tempo em que reafirma a legitimidade de sua vitória.

"É hora de colocar de lado a retórica dura, baixar a temperatura, nos vermos novamente, nos ouvirmos novamente e, para progredir, temos que parar de tratar nossos oponentes como nossos inimigos. Eles não são nossos inimigos. Eles são americanos", acrescentou.

O ex-vice-presidente disse que seu trabalho como presidente começará no combate à crise do novo coronavírus, um dos temas que definiu a disputa eleitoral. Ele anunciou que nomeará já na segunda-feira (9) um grupo de especialistas de saúde para trabalhar no "plano Biden-Harris" de combate à pandemia.

'Serei a primeira vice-presidente dos EUA, mas não serei a última", diz Kamala em discurso da vitória

Em seu discurso da vitória, Kamala Harris destacou a importância de ser a primeira mulher a assumir a vice-Presidência dos EUA. Sorridente, ela começou o discurso citando John Lewis, líder dos direitos civis e congressista, morto neste ano. "Lewis escreveu que a democracia não é um estado de coisas, é uma ação. O que ele queria dizer é que a democracia na América não está garantida.

Ela é forte como a nossa disposição para lutar por ela, e foi exatamente o que vocês fizeram. É algo que pede sacrifício, mas há alegria nisso. Temos o poder de construir um futuro melhor", disse. "Quando minha mãe chegou da Índia, ela não podia imaginar esse momento.

Mas ela acreditava em uma América em que um momento assim é possível", discursou Kamala. "Joe Biden rompeu uma barreira ao escolher uma mulher como vice-presidente. Eu posso ser a primeira, mas não serei a última a ocupar essa função. Porque cada garotinha desse país está vendo hoje que este é um país de possibilidades." REUTERS

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up