Quarta, 05 de Agosto de 2020
Follow Us

Quinta, 09 Julho 2020 00:10

Especialista insiste que Angola deve divulgar existência de contaminação comunitária da Covid-19

O especialista em saúde pública, Jeremias Agostinho, voltou a chamar atenção às autoridades sanitárias, no sentido de dar uma resposta adequada ao actual contexto epidemiológico que o país vive.

Durante sua abordagem no espaço sobre análise dos casos resultantes da pandemia do novo coronavírus, aquele profissional avançou a necessidade de o Governo angolano se pronunciar acerca de possíveis casos de contaminação comunitária, facto que ajudaria as populações a ter o maior cuidado no cumprimento das medidas de prevenção.

De acordo com Jeremias Agostinho, numa altura em que o país já soma mais de 100 casos, com o vínculo de contaminação ainda em estudo, nota-se a maior probabilidade de existir já, entre as comunidades a circulação do vírus, situação que poderá trazer dificuldades de controlar dentro de instantes.

Falando nesta quarta-feira, sobre o confinamento social, à margem do programa "Caminhos Futuros" da VOA, estimou que boa parte da população angolana, principalmente em Luanda, não poderá cumprir com as medidas novamente impostas pelo Estado, devido às incertezas da real situação da doença no país.

De realçar que, as testagens de massa nas comunidades, tiveram início nesta quarta-feira (8), no mercado informal do Catinton, sabendo-se que esta campanha poderá seguir aos mercados do 30 (em Viana), do Kikolo e do Asa Branca (no Cazenga) e, por fim, no bairro Mártires (distrito urbano da Maianga - Luanda), nesta primeira fase.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up