Terça, 14 de Julho de 2020
Follow Us

Quarta, 27 Mai 2020 22:53

Político acusado de desviar dinheiro para investir em gados no Uíge diz que tem apenas dois cães

Líder do PDP-ANA acusado de desviar dinheiro do partido para investir em gado diz que “tem apenas dois cães”…

Alguns militantes do PDP-ANA acusam o seu líder, Simão Makazu, coligado à CASA-CE, de ter desviado dinheiro do partido que teria servido para a compra de gados na província do Uíge, sua terra natal.

Uma crise sem precedente assola a Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE), organização partidária criada em 2012, pelo político Abel Epalanga Chivukuvuku.

Além dos dirigentes do Bloco Democrático, “força política dentro da coligação”, exigirem o afastamento do seu presidente, Justino Pinto de Andrade, estão igualmente os militantes do PDP-ANA a “obrigar” a demissão de Simão Makazu, presidente do partido fundado pelo malogrado, Mfulupinga Lando Victor.

Numa nota enviada ao Tribunal Constitucional e que O Decreto teve acesso, os militantes do PDP-ANA, encabeçados pelo engenheiro agrónomo, Zissala Mamona Pululu invocam, no entanto a não validade da terceira reunião ordinária do Comité Central do partido, realizada a 12 de Março de 2019, por alegadamente não ter cumprido as formalidades na entrega da convocatória”.

Destituição ilegal do Secretario Geral e a utilização indevida dos fundos do partido

Segundo fonte daquele partido, em causa está um alegado desviou de mais de oito milhões de kwanzas do mês de Janeiro de 2019, que segundo os denunciantes, “nunca foram justificados”, bem como um total de cinco milhões de kwanzas, um montante, que Simão Makazu liquidado em dívidas, supostamente contraídas pelo partido, que terão servido para a realização do congresso que afastou da liderança do partido o político Sindiangane Mbimbi, agora militante da UNITA.

Em relação à solicitação feita ao Tribunal Constitucional, o acórdão que O Decreto teve acesso, remete os requerentes ao Tribunal de Contas, por segundo TC, não ser da sua competência decidir sobre esta matéria.

O grupo de militante remeteu novamente uma petição, com epigrafo, suspensão de transferência de verbas ao PDP-ANA, que o Conselho Presidencial composto maioritariamente por líderes dos cinco partidos coligados e convidados ainda não decidiu.

Ouvido pelo O Decreto, Simão Makazu negou as acusações argumentando que “não tenho gado algum, tenho apenas dois cães em casa, que também não são meus, são dos meus filhos”, disse.

Recorda-se que o actual presidente da CASA-CE, André Mendes de Carvalho “Miau” deu um ultimato para que os partidos que integram a coligação decidam sobre a transformação da coligação em partido, tendo colocado a possibilidade de abandonar a coligação, caso mantém a indefinição.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up