Sábado, 08 de Agosto de 2020
Follow Us

Domingo, 02 Agosto 2020 10:40

Reconciliação nacional simulada é veneno

O tipo de reconciliação nacional que eles querem não é fuga? Se o tipo de independência foi finta , paz armadilha. Primeiro mataram que se fartaram até mesmo em tempo que eles mesmos consideravam como de paz, quase sempre juntos e de braços dados na hora das matanças, até mesmo lá nos confins da serra do Sumi.

Sem nunca terem dado quaisquer sinais de arrependimento, espalhando valas comum um pouco por todo o país, algumas das quais nem por isso difíceis. De serem identificadas mesmo sem qualquer perícia e agora querem transformar um perdão e reconciliação que eles estão a fabricar em impunidade.

Se jogando nos bastidores, duvido que não estejam já com os olhos no faturamento num país onde com tudo se ganha dinheiro, se rouba, se deixa roubar e se manda roubar.

Eu não vejo bem este tipo de reconciliação nacional de fabrico deles, a moda de um regime que tudo que faz por mais bem mascarado que esteja de bem intencional, esconde sempre uma maldade.

Na minha opinião pessoal, primeiro seria o reconhecimento da verdade, que não repousa nem só na versão dos nossos assassinos, nem só na versão das suas vítimas, isto é fundamental para que as vítimas possam se abrir á reconciliação.

Este tipo de reconciliação que eles querem quase nos forçando, cheira-me a fuga de pressão, á criação de uma comissão da verdade, e de possíveis julgamentos dos assassinos dentro do país ou em tribunal internacional qualquer dia, porque não admitir?

Até já falam em consensos ninguém sabe entre eles e quem, se as vítimas e seus familiares se revejam nestes grupos ou não, falam num único memorial, e até numa comissão técnica composta por gente escolhida por eles, seus assalariados.

Então isto assim não cheira a fuga?

Então não seria melhor se criar uma comissão da verdade composta por membros da sociedade civil sem a parte assassina envolvida, e depois dos assassinos e seus crimes conhecidos através de confissões feitas por eles mesmos junto desta comissão com transmissão direção pela tv.

Não é isto que deveria ser feito, em vez de tentarem esfarrapar as mentes das pessoas e fintas desesperadas, para se evitar aquilo que grande maioria das vítimas e seus familiares gostariam que acontecesse. Olhar no rosto dos assassinos dos seus entrequeridos antes de aceitarem se perdoam ou não, já que o perdão deve ser voluntário e não forçado?

Continuarei

Por Fernando Vumby

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up