Quarta, 11 de Dezembro de 2019
Follow Us

Segunda, 11 Novembro 2019 20:18

Não é um tanto imoral se comemorar o 11 de novembro como data da independência?

Se considerando aquilo que a independência trouxe para grande maioria dos angolanos e para o país Angola?

Então não seria melhor que se comemorasse como data da independência o dia em que o MPLA for posto fora do poder, já que grande maioria dos angolanos. São de opinião de que o grande mal que a independência de Angola trouxe ao país e aos angolanos foi o MPLA e pela forma como a independência lhe foi oferecida?

Se comemorando esta data, não estarão os angolanos a exaltar um acontecimento. Ou seja, uma data que trouxe mais tristezas do que alegrias e um sofrimento jamais havido na história deste país e povo?

Assim não é se valorizar uma ocorrência que trouxe consigo as eliminações físicas, a fome, as demolições, a censura, a tortura, a falta de educação de qualidade, a falta de habitação, a falta do ensino?

O sofrimento e a morte quase permanente e constante de angolanos por falta de quase tudo num país tão rico como o nosso e como consequência da tal dita cuja independência?

Podem não crer, desde quase 40 anos que me tem faltado moral para comemorar esta data, pois da única e última vez que comemorei num ambiente privado. As imagens que se desfilaram na minha memória não foram boas, foram aquelas do sofrimento que o povo tem passado desde que se diz que o país é independente.

Foi num dia em que houve duas festas sobre as comemorações do 11 de novembro na mesma cidade de Berlin se não me engano em 2002. Uma organizada pela embaixada de Angola que geralmente estes acontecimentos também servem para se desviar dinheiros e lavagem de capital.

E uma outra organizada por uma angolana residente, que embora fosse uma informante da secreta, ela não misturou propaganda partidária com o acontecimento. E assim acabou por corresponder aos anseios dos presentes numa sala cheia, muitos fugidos da festa organizada pela embaixada que não passou de uma propaganda partidária como sempre. Curioso fui o responsável pela filmagem de toda festa ao meter um jovem de minha confiança para filmar todo o ambiente obedecendo as minhas instruções antes combinadas.

Porque era importante transformar aquela festa num autêntico e verdadeiro documento histórico o que felizmente acabei por conseguir. Comemorar um 11 de novembro com dois sentidos antagónicos faz mesmo sentido?

Se para uns graças ao 11 de novembro se tornarem milionários e assassinos construindo castelos sobre os escombros de tanta gente que foi morta. E para outros uma independência que lhes trouxe de tudo um pouco de mau, menos motivos para se sentirem felizes e verdadeiramente independentes.

Continuarei

Por Fernando Vumby

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up