Segunda, 16 de Setembro de 2019
Follow Us

Uma pesquisa realizada pelo site Ashley Madison aponta que 77% dos adúlteros consideram muito severa a forma como a traição é julgada

Nos homens, é mais fácil detectar uma possível "pulada de cerca" só de olhar

Que lindo seria se a vida a dois fosse exatamente como descrita nas histórias de amor clichês: o casal se conhece, flerta, se apaixona, namora, casa e é feliz para sempre. Mas sabemos que, no mundo real, é muito difícil seguir essa ordem, muito menos esse padrão. E, mesmo quando se passa por todas essas etapas, ainda há a possibilidade de viver turbulências, que incluem problemas como decepção, briga, ciúme e traição.

"É apenas um número", afirma a filipina Lori fe Dales sobre a diferença de idade de 48 anos entre ela e o namorado, o aposentado Thomas Greig

Com apenas 30 anos, Jessica já foi viúva duas vezes. Mãe de três filhos, a mulher usou a internet para divulgar o novo relacionamento e fazer apelo

Profissional explica que ficar presa às boas memórias do relacionamento e esquecer os motivos que levaram ao fim te impedem de seguir em frente

Durante três anos, um casal, que não teve a identidade revelada, tentava ter filhos. Em dezembro do ano passado, o rapaz foi diagnosticado com azoospermia, que é a ausência de espermatozoides no sêmen. Meses depois, no entanto, sua esposa engravidou e, agora, ele está considerando a gravidez suspeita – e pensa até que pode ter acontecido uma traição.

Se você pudesse voltar no tempo, o que faria? Se tivesse a chance de conversar com você mesma no passado, o que diria? Quais seriam seus arrependimentos? Um site especialista em relações extraconjugais questionou seus usuários sobre o passado deles e revelou que o principal arrependimento dessas pessoas não é a traição e, sim, o casamento.

Página 1 de 18

Log in or Sign up