Sábado, 11 de Julho de 2020
Follow Us

Sábado, 30 Mai 2020 16:42

União Africana denuncia "práticas discriminatórias" dos EUA contra cidadãos negros

O presidente da Comissão da União Africana (UA), Moussa Faki Mahamat, condenou esta sexta-feira a morte do norte-americano George Floyd, durante uma operação policial violenta, denunciando as práticas discriminatórias dos EUA contra cidadãos negros.

"Condeno veementemente o assassínio de George Floyd, que ocorreu nos Estados Unidos da América (EUA) às mãos de agentes da autoridade, e desejo apresentar as mais profundas condolências à sua família", escreveu Faki Mahamat, na sua conta na rede social Twitter.

Recordando "a histórica" Resolução da Organização da Unidade Africana (OUA) sobre Discriminação Racial nos Estados Unidos, apresentada pelos chefes de Estado africanos na primeira Assembleia da organização, no Cairo, em julho de 1964, Moussa Faki Mahamat reafirmou a "rejeição pela UA da continuação de práticas discriminatórias dos EUA contra cidadãos negros". CM

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up