Quarta, 08 de Abril de 2020
Follow Us

Sábado, 21 Março 2020 08:54

Ministério da Saúde de Angola confirma dois casos positivos de coronavírus

A ministra da Saúde de Angola, Sílvia Lutucuta anunciou este sábado os dois primeiros casos positivos de infeção por coronavirus no país.

"A pandemia já atingiu o nosso país com confirmação desde as 02:00 de hoje", afirmou a governante hoje numa conferência de imprensa em Luanda, no ministério da Saúde.

Trata-se de dois cidadãos angolanos, com idades compreendidas entre os 36 e 38 anos, residentes em Luanda que regressaram ao país nos dias 17 e 18 de março, vindos de Portugal.

"Já estão a ser controlados nas nossas unidades sanitárias", informou.

Disse ainda que estão a ser dadas as instruções sanitárias necessárias para mitigar a epidemia e apelou para que a população, sobretudo os viajantes que cheguem de países com circulação comunitária do vírus, cumpram a quarentena obrigatória, que considerou "uma prioridade fundamental".

Lembrou que, nos últimos dias, chegaram a Angola viajantes que vieram de Portugal - Lisboa e Porto - a quem foi dada a possibilidade de fazer quarentena domiciliária, apelando para quem saiba de alguém que tenha viajado recentemente para as áreas afetadas e não esteja a cumprir o isolamento denuncie a situação para o número 111.

"Não haverá contemplações, estas pessoas serão levadas para os centros de quarentena institucional", sublinhou, garantindo que vai ser aumentada a capacidade de rastreio destes pacientes.

Sílvia Lutucuta lembrou ainda que haverá voos adicionais provenientes de Lisboa e do Porto e disse que o Governo está a preparar condições para fazer quarentena institucional dos passageiros, garantindo que vão ser criadas as condições imediatas.

Os casos confirmados em África: (Atualizado as 11:43)

Egito (285), África do Sul (240), Argélia (94), Marrocos (86), Tunísia (54), Senegal (47), Burkina Faso (40), Camarões (27), República Democrática do Congo (23), Gana (19), Ruanda (17), Costa do Marfim (14), Maurícias (14), Camarões (13), Nigéria (12), Etiópia (09), Seicheles (07), Quénia (07), Guiné Equatorial (06), Tanzania (06) Gabão (04), Namíbia (03), Madagascar (03), Zimbabwe (03), Libéria (03), República do Congo (03), Benim (02), Togo (03), Mauritânia (02), Libéria (02), Zâmbia (02), Sudão (02), Angola (02), República Centro Africana (01), Djibuti  (01), Níger (01), Gâmbia (01), Guiné Conacri (01), Somália (01), Esuatini (01) e Cabo Verde (01)

Os países africanos lusófonos - Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe - mantêm-se sem casos confirmados.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up