Domingo, 05 de Fevereiro de 2023
Follow Us

Quinta, 19 Janeiro 2023 19:16

Governo americano têm "interesse crescente" de investimento em Angola - Administração Biden

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos destacou hoje o "interesse crescente do investimento norte-americano no mercado angolano", numa conversa com o Presidente de Angola, a quem transmitiu o apoio dos EUA pela procura de soluções para conflitos regionais.

Numa conversa telefónica, João Lourenço e o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, falaram da cooperação bilateral, nomeadamente o "interesse crescente do investimento norte-americano no mercado angolano", segundo uma nota da Presidência angolana.

Quanto às questões regionais, salienta a mesma nota, os Estados Unidos reiteraram o apoio à liderança do Presidente angolano na procura de soluções para os conflitos na República Centro-Africana e no leste da República Democrática do Congo (RDCongo).

Sobre a situação da RDCongo, o Governo norte-americano defende a necessidade da implementação das decisões tomadas pela Cimeira de Luanda e apela à assunção de responsabilidades por parte dos intervenientes, no que diz respeito concretamente à retirada do M23 das posições que ocupa em território congolês e a criação de condições para o acantonamento dos elementos dessa força.

“Na interação desta tarde entre o Presidente da República de Angola e o Secretário de Estado norte-americano, foi sublinhada a importância de a comunidade internacional concentrar o seu apoio às iniciativas regionais, isto é, ao processo de Luanda e ao processo de Nairobi”, sublinha a nota da Presidência de Angola.

A nota ainda refere que João Lourenço e Antony Blinken fizeram um balanço da cimeira Estados Unidos-África, que teve lugar em dezembro de 2022, em Washington, tendo a parte norte-americana garantido a implementação das decisões tomadas naquele fórum.

De acordo com o documento, a propósito, as personalidades que o Presidente dos EUA, Joe Biden, indigitou para acompanharem de perto o processo posterior da Cimeira de Washington vão visitar o continente africano em fevereiro, incluindo Angola.

Rate this item
(1 Vote)