Quarta, 20 de Outubro de 2021
Follow Us

Quinta, 16 Setembro 2021 17:30

Estudantes da UPRA com propinas até 175 mil kzs/ mês obrigados a pagar os três meses de férias

Os estudantes da Universidade Privada de Angola (UPRA), do curso de medicina, denunciam que a instituição está obrigá-los ao pagamento mensal de propinas, valores referentes aos três meses em que se encontram de férias.

De acordo com a denúncia que Angola24Horas teve acesso, os estudantes clamam por ajuda urgente, estando infelizmente a passar por uma situação que consideram muito complicada.

Os relatos dão ainda conta que os estudantes desta instituição, já procuraram inúmeros recursos, porém, até agora nada dá resultado.

"Até o suposto processo contra a Universidade não deu em nada", avança a denúncia.

A questão é que, segundo contam, todos os alunos do primeiro ano de medicina (2020/2021), pagam 175.950.00kz mensal, um valor que não vai de acordo com as condições que a Universidade Privada de Angola dispõe.

"Nós pagamos esse valor durante o ano lectivo todo e ficamos de férias no final de junho, ou seja estamos a caminho de três meses de férias e a universidade está a nos obrigar a pagar até os meses de férias que nem estamos a consumir nem a fazer o uso dos seus serviços e é algo que eu e os meus colegas achamos injusto e um roubo", apelam.

Por outra, avançam que, a Universidade em referência, não tem organização, ao passo que, até tratar qualquer documento naquela instituição demora muito e que os laboratórios não têm materiais suficientes, nem as casas de banho estão em bom estado.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up