Sexta, 19 de Julho de 2024
Follow Us

Os filhos de alguns dos membros do MPLA, assassinados pelo regime angolano durante os massacres de 27 de Maio de 1977, estão chocados, depois de terem tomado conhecimento que os restos mortais entregues pelo Executivo a algumas famílias não correspondem aos dos seus pais assassinados na altura.

Published in Sociedade

A UNITA, maior partido da oposição angolana, não confirmou a veracidade dos restos mortais dos seus dirigentes que foram entregues pelo Governo angolano, porque “Angola precisa de se reconciliar”, mas admitiu à Lusa falhas no processo.

Published in Destaque

Analistas políticos angolanos ouvidos pela Voz da América consideram que a revelação na quarta-feira, 22, de que os resultados da peritagem feita às ossadas de algumas das vítimas do 27 de Maio de 1977 confirmou que elas não são dos corpos das vítimas, pode afectar a imagem do Estado angolano e do Presidente João Lourenço, que se tinha apresentado como “reformador e reconciliador”.

Published in Politica

Restos mortais de vítimas do 27 de maio entregues às famílias, incluindo os corpos de Sita Vales e José Van-Dunem, não correspondem aos testes de ADN, anunciaram hoje os órfãos da Associação M27.

Published in Sociedade

O memorial em homenagem às vítimas dos conflitos políticos em Angola vai custar cerca de 33 milhões de euros e será construído pela chinesa Nova Jiangsu, vencedora do concurso público para a empreitada.

Published in Politica
Página 3 de 10