Quinta, 18 de Julho de 2024
Follow Us

Terça, 09 Julho 2024 14:24

IGAPE vendeu quatro hotéis de Carlos São Vicente por 14 mil milhões Kwanzas

A recente venda de 4 unidades hoteleiras da rede IU (um dos 28 hotéis existentes no país) trouxe para os cofres do Estado um valor global de 14.148.850.000 Kwanzas. Os hotéis fazem parte de uma lista de unidades apreendidos ao empresário Carlos São Vicente.

Das entidades que concorreram, o Instituto de Gestão de Activos e Participação do Estado (IGAPE) declarou como vencedoras para gestão dos quatro hotéis as empresas Viva Luanda, que fica em posse do hotel IU Moçâmedes-Torre, Endiama, que passa a ser detentora do hotel Dundo-Torre A, e, por último, o Grupo Empresarial Umbiserv, que fica com os hotéis IU do Talatona, bem como o hotel do Lubango.

Os 39 hotéis fazem parte de uma lista de unidades espalhadas por todo o país e apreendidos ao empresário Carlos São Vicente, condenado em 2022 por peculato, fraude fiscal e branqueamento de capitais.

A informação consta do anúncio do IGAPE sobre a conclusão da primeira fase de vagas do procedimento para privatização na modalidade de Alienação de activos da Rede de hotéis IU, IKA e BINA, no âmbito do Concurso Público n.º 03/24.

O IGAPE refere que a efectivação do processo foi realizada, depois de serem cumpridas todas as fases previstas em todo procedimento e com base no critério de adjudicação previsto.

As propostas adjudicadas, cujas garantias de pagamento já foram prestadas, segundo a instituição, irão representar um encaixe financeiro para o Estado, cifrado no valor global de Kz 14 148 850 000,00 (Catorze mil milhões, cento e quarenta e oito milhões, oitocentos e cinquenta mi kwanzas).

As candidaturas tiveram início, via portal, no dia 14 de Maio do corrente ano, sendo que o leilão, feito em formato electrónico, ocorreu um dia depois das inscrições de candidatura. Para esta primeira fase, o concurso público contou com a participação de 40 propostas submetidas por empresas e consórcios, entre nacionais e estrangeiros, para 39 unidades da rede de hotéis UI, IKA e BINA, concentradas em 16 das 18 províncias do país e em diferentes estados.

Dentre as províncias, constam Luanda, Cuanza-Sul, Benguela, Namibe, Huíla, Cunene, Bié, Huambo, Malanje, Cuanza- Norte, Zaire, Uíge, Bengo, Moxico, Lunda-Sul e Lunda-Norte. Segundo o Despacho Presidencial n.º 19/24, de 11 de Janeiro, essas unidades hoteleiras fazem parte da rede de hotéis da então seguradora AAA e a sua privatização enquadra-se no Programa de Privatização (PROPRIV), no período de 2023 a 2026.

Rate this item
(0 votes)