Sexta, 30 de Outubro de 2020
Follow Us

Quarta, 16 Setembro 2020 17:08

Menor violada no Catinton: Moradores afirmam ser costume dos agentes violar infractoras

Os moradores do Bairro Catinton, em Luanda, revelaram que alguns agentes da polícia naquele bairro, têm por costume manter relações sexuais com mulheres que detidas em situação de desobediência ao o decreto sobre o estado de emergência, avançando que nos últimos dias temem-se mais os policiais do que os marginais.

Em declarações, nesta quarta-feira, 16, uma mulher residente afirmou que quando alguns efectivos fazem patrulhamento pelo bairro, muitas vezes não chegam com as mulheres que detêm em situação de desobediência na referida esquadra, principalmente se for bonita e de corpo atraente.

" Eles elogiam, és muito bonita, tens bom corpo vais dormir comigo. É hábito deles", afirmou.

De acordo com o porta-voz da polícia em Luanda, Nestor Goubel, que falava sobre o assunto, a Polícia Nacional já avançou com um processo-crime, contra alegados violadores, estando a decorrer uma investigação para repor a legalidade dos factos e responsabilizar os implicados.

As informações veiculadas pela média angolana, davam conta de que dois agentes da Polícia nacional (PN), terão violado sexualmente a adolescente no bairro Catinton, em Luanda, enquanto faziam patrulhamento apeado, por volta das 21 horas, de Sexta-feira, 11, quando a adolescente saiu à rua para comprar dragão a pedido dos pais na companhia de mais um adolescente, seu vizinho.

Num dos becos do bairro Catinton, os adolescentes foram interpelados por dois agentes armados, tendo o rapaz conseguido fugir dos agentes da polícia, afectos àquela esquadra, sendo que, está não teve a mesma sorte porque um dos supostos violadores, disse que faria disparo caso ela desse mais um passo.

Inicialmente, julgou que se tratasse do problema do não uso da máscara já que sua estava colocada a baixo do queixo, mas, para o seu espanto, o agente ordenou-lhe apenas que se calasse e obedecesse tudo “senão quiseres morrer”, o que a adolescente afirmou ter cumprido por medo. AO24

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up