Quinta, 18 de Abril de 2024
Follow Us

Terça, 16 Janeiro 2024 15:38

João Lourenço garante que vai continuar a investir nas FAA e aquisição de meios modernos

O Presidente da República, João Lourenço, garantiu esta terça-feira, em Luanda, o prosseguimento do processo de modernização das Forças Armadas Angolana (FAA), com destaque para a Marinha de Guerra.

Depois de ter inaugurado a primeira fase do Centro Nacional de Coordenação e Vigilância Marítima, na zona costeira dos Ramiros, em Luanda, João Lourenço declarou tratar-se de investimentos em terra que passa pela aquisição de embarcações modernas, bem como aviões de vigilância e reconhecimento.

Em conferência de imprensa, assinalou que depois da inauguração da base do Soyo, na província do Zaire, e agora em Luanda, serão concluídas ainda este ano as do Lobito e do Namibe.

Anunciou a construção da maior base naval central da Marinha de Guerra, enquanto a actual está em reabilitação, assim como a aquisição para breve, em Espanha, de três aviões de reconhecimento e vigilância marítima.

O Comandante-em-Chefe das Forças Armadas Angolanas afirmou ter o sentimento de missão parcialmente cumprida, por faltar por concluir os centros do Lobito e Namibe, em execução, prometendo tudo fazer para que sejam terminadas ainda este ano.

Por sua vez, o ministro da Defesa Nacional Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos, declarou que a infra-estrutura é essencial para garantir a exploração económica, a protecção e exploração do mar.

Para o governador de Luanda, Manuel Homem, é oportuno a monitorização do tráfego marítimo, particularmente, na capital do país para desencorajar actividades ilícitas, sobretudo a pesca ilegal.

Sublinhou que a nova infra-estrutura vai assegurar o normal funcionamento das actividades marítimas na costa angolana.

Rate this item
(0 votes)