Segunda, 26 de Fevereiro de 2024
Follow Us

Segunda, 27 Novembro 2023 12:30

UNITA espera que o Governo dos EUA "olhe com muita atenção para a corrupção generalizada em Angola"

A UNITA, principal partido da oposição, diz esperar que os Estados Unidos da América (EUA) olhem com "muita atenção para a corrupção generalizada em Angola", durante o encontro entre o Presidente João Lourenço e o seu homólogo norte-americano, Joe Biden, na próxima quinta-feira, 30 de Novembro.

"É um encontro muito importante. Para além de interesses económicos a serem tratados neste encontro, o Governo americano deve olhar com muita atenção para a corrupção generalizada que destrói o País", disse ao Novo Jornal o deputado Gabriel Samy, reagindo à visita de João Lourenço aos Estados Unidos da América.

Segundo o deputado, se nos EUA vigora a democracia, o Presidente Joe Biden deve aconselhar o seu homólogo angolano a respeitar os princípios democráticos que são atropelados regularmente em Angola.

"Hoje assistimos em África, e particularmente em Angola, a golpes constitucionais a ser feitos pelos seus líderes. À violação sistemática dos direitos humanos. Penso que o Governo americano tem uma palavra a dizer", acrescentou o deputado.

O Presidente da República, João Lourenço, vai ser recebido na Casa Branca pelo seu homólogo norte-americano, Joe Biden, na quinta-feira, dia 30 de Novembro.

A informação foi inicialmente avançada por Washington, na página oficial da Casa Branca, seguida por uma nota da Presidência da República angolana.

As discussões entre os dois governantes vão privilegiar a cooperação bilateral em domínios como o comércio, investimento, clima e energia, e de modo muito particular o desenvolvimento do Corredor do Lobito que ligará Angola, República Democrática do Congo e Zâmbia.

Ambas notas referem que o encontro de quinta-feira entre os dois Presidentes confirma o interesse dos dois países de trabalhar em parceria estratégica para lidar com os desafios regionais e globais. NJ

Rate this item
(0 votes)