Sexta, 09 de Dezembro de 2022
Follow Us

Quinta, 29 Setembro 2022 12:04

UNITA nega que esteja a pagar delegados de lista e afirma que formou seus militantes para o efeito

O Secretariado Executivo do Comité Provincial da UNITA, em Luanda, disse, nesta quarta-feira 28 de setembro que tem registado que nos últimos dias, pessoas de má fé e com intenção única de instabilidade têm massificado a informação de que ocorreu ou está a decorrer o Processo de pagamentos dos Delegados de Listas em Luanda.

Numa nota enviada para Angola24Horas, o principal partido da oposição em Angola, esclarece que, a experiência dos pleitos eleitorais anteriores, mostram que o processo de Pagamentos dos Delegados de Listas, deriva das verbas que o governo dá aos Partidos Políticos para o pagamentos dos mesmo. “É do conhecimento público, que isto não ocorreu nas eleições de 2022”.

Refere que, tendo verificado que o governo não pagaria os Delegados, a UNITA em Luanda, optou por formar seus próprios militantes para o controle do voto e, para o efeito, em circustância alguma, prometeu dinheiro ou elaborou contratos remuneráveis.

“A UNITA tem canais próprios para a publicação das suas informações. Sobre este assunto, todas as notícias difundidas nas redes sócias não passam de Fake News, milimetricamente elaboradas e acompanhadas na sua implementação, por pessoas pertencentes a um grupo político de milicianos bem identificados”, denuncia.

Entretanto, a UNITA em Luanda exorta à população a estar vigilante às manobras daqueles que a estabilidade e o bom ambiente político, de nada lhes interessa.

“Para que haja um ambiente Democrático Saudável, continuaremos a trabalhar junto do Povo Luandense que nos conferiu uma Vitória esmagadora, o que nos legitima a falar em seu nome”, lê-se.

Rate this item
(0 votes)