Quarta, 11 de Dezembro de 2019
Follow Us

Domingo, 10 Novembro 2019 12:11

Adalberto desvaloriza "insultos" de campanhas concorrentes na UNITA

O Candidato a Presidente da Unita Adalberto da Costa Júnior reafirmou no sábado no Namibe e na Huíla a necessidade de implementar uma nova dinâmica nas estruturas do seu partido, com responsabilidade moral e cívica e com melhores condições de trabalho para os seus quadros e desvalorizou insultos de rivais.

Falando num encontro com militantes e convidados, Adalberto da Costa Júnior promete, caso seja eleito no XIII congresso, dotar as estruturas provinciais, municipais e comunais de uma nova dinâmica e de acções político-partidárias ao figurino demográfico de Angola e prestar atenção particular as organização feminina, LIMA, e juvenil, JURA.

Afiança fazer do partido uma alternativa credível e responsável preparado para liderar convenientemente uma frente democrática para as eleições autárquicas, colocando o partido cada vez mais próximo dos interesses e anseios da sociedade.

O candidato nascido em oito de Maio de 1962, na província do Huambo, se propõe despoletar um processo de negociação com o regime, outros partidos políticos e a sociedade civil para a revisão da Constituição.

“ Hoje passado 17 anos de reconciliação, esta Angola está muito longe de ser a pátria que sonhamos para o nosso povo. A fome e a injustiça ainda afligem milhares de angolanos, falta de tudo na vida das nossas famílias, a comida na mesa, a escola, o médico, a dignidade de trabalho, nesta vertente, a paz e a democracia são compromissos definitivos dos quais nunca desistiremos “ disse.

Huíla

Num outro encontro com militantes, no Lubango, Huíla, Adalberto Costa Júnior desvalorizou aquilo ao que chamou de campanha insultuosa contra si de outras candidaturas à liderança do partido, explicando que o foco é alcançar a liderança e melhorar a organização.

O político disse que a prioridade é dar a conhecer o conteúdo programático do seu manifesto eleitoral e considerou que o militante do partido tem a maturidade para avaliar que tipo de comentário é ou não bom para organização.

Prometeu, se vencer as eleições internas, reabrir a escola de formação de quadros “Kapessi Kafundanga”, que funcionou na localidade da Jamba, província do Cuando Cubango, passando a sede para a capital do país, Luanda.

Realçou que dará maior atenção à educação dos militantes, tirando do orçamento da UNITA um valor para apostar em bolsas de estudos para alguns militantes em todas as províncias e garantir o equilíbrio de quadros, pois considera a formação essencial para o desenvolvimento duma nação.

Adalberto Costa Júnior reafirmou a necessidade de criar uma fundação com o nome de Jonas Malheiro Savimbi e destacou a necessidade da construção da sede única do partido que vai albergar todas as organizações da UNITA.

Rate this item
(4 votes)

Log in or Sign up