Segunda, 16 de Setembro de 2019
Follow Us

Quinta, 11 Julho 2019 17:43

João Lourenço não é nenhum parvalhão que vai cuspir no prato onde comeu ou ainda come

Graças a corrupção é presidente de Angola: Vocês já repararam que a política que deveria ser uma das artes mais nobres, já que sua finalidade é a busca da felicidade dos cidadãos angolanos.

Que depositam sua confiança até mesmo estupidamente em corruptos claramente comprovados é usada para manter grupos de criminosos no poder?

Políticos que atingem o poder como JLO atingiu ou seja regra geral como o MPLA tem se mantido no poder graças a institucionalização da corrupção em Angola. Fazer um combate sério contra a contra a corrupção por mais parvalhões que sejam, sabem que tal significaria cuspirem no prato onde já comeram ou ainda comem.

E João Lourenço com certeza não é o tal parvalhão que alguma vez vai aceitar chegar até este ponto. Por mais que alguns acreditam que a corrupção em Angola só será combatida seriamente por corruptos, por eles se conhecem melhor uns aos outros e entre eles.

Esta farsa que João Lourenço entendeu apelidar de combate contra a corrupção está mais do que provado de que não passa. De uma dança de zeros que se repete nas já rotineiras acusações entre pessoas que comem e comeram sempre no mesmo prato.

É uma dança de fingidos, mascarados de tudo e mais alguma coisa.

Que revela claramente o zero apreço que existe pelo dinheiro público, nossas riquezas e pelo povo angolano, um povo cada vez menos valorizado. Há quem garanta que estes corruptos alguns de ontem e outros de hoje, que para além de serem sem vergonha na cara.

Que há entre eles os que acreditam que os angolanos hoje vivem melhor do que antes, por se tornarem num povo cada vez mais resignado, pisado e perverso que ainda assim é capaz de aplaudi-los.

Por Fernando Vumby

Continuarei

Rate this item
(20 votes)

Log in or Sign up