Terça, 10 de Dezembro de 2019
Follow Us

Sábado, 23 Novembro 2019 22:37

Flamengo vira contra o River Plate e conquista a Libertadores

Em um jogo sofrido, o Flamengo venceu os argentinos do River Plate de virada por 2 a 1, na tarde deste sábado, em Lima, no Peru, faturando a segunda Taça Libertadores da história da equipe rubro-negra.

Com dois gols de Gabriel Barbosa, o Gabigol, nos minutos finais de partida, o Rubro-Negro carioca derrotou o atual campeão da América, que estava conquistando o bicampeonato até os 43 minutos do segundo tempo.

Nos primeiros 45 minutos, o River dominou as ações lançando mão de uma arma que fez o Flamengo imbatível no Campeonato Brasileiro: pressão na saída de bola, marcação pesada e muita velocidade na hora de partir para o gol adversário.

Em um desses momentos, Borré aproveitou cruzamento da direita e marcou, aos 14 minutos.

O Rubro-Negro carioca só assustou o gol de Armani em lances isolados, com bolas cruzadas na área. Bem marcado, o trio formado por Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel pouco produziu na etapa inicial de jogo.

Sofrimento e emoção

No segundo tempo, o Flamengo voltou mais ligado na partida. Na busca pelo empate, a melhor oportunidade veio pelos pés de Bruno Henrique, aos 11 minutos, que puxou um contragolpe em velocidade e cruzou rasteiro. Arrascaeta furou, Gabriel tentou uma vez, e no rebote Everton Ribeiro chutou em cima do goleiro argentino, em cima da linha.

Aos 30 minutos, em outra jogada iniciada por Bruno Henrique, a bola sobrou para Gabriel que, ao invés de chutar, resolveu passar a bola, que acabou desperdiçada por Arrascaeta em uma tentativa de bicicleta.

Nos contra-ataques, o River chegou em pelo menos duas ocasiões com perigo ao gol de Diego Alves, com Palacios e Lucas Pratto, porém os arremates acabaram indo para fora. O técnico português Jorge Jesus, do Flamengo, promoveu as entradas de Diego e Vitinho, porém sem grandes alterações dentro de campo.

Quando parecia que a vitória seria argentina, sempre ele, Bruno Henrique, iniciou a jogada que resultou em um cruzamento rasteiro de Arrascaeta. Sem goleiro e em posição legal, Gabriel tocou para o fundo das redes argentinas.

A partida se encaminhava para a prorrogação quando, aos 47 minutos, Gabriel venceu disputa com dois defensores do River e bateu forte, sem chances para Armani, consolidando a virada brasileira em Lima.

Gabriel ainda foi expulso nos acréscimos, assim como Palacios, mas a vitória já estava em mãos brasileiras.

Com a vitória deste sábado em Lima, o Flamengo chega ao segundo título da história do clube na Libertadores e frustra o sonho do River de chegar ao seu quinto campeonato continental, para deleite de 40 mil flamenguistas que acompanharam a decisão pelos telões do Maracanã.

O Rubro-Negro conquistou a Libertadores uma única vez, em 1981, derrotando os chilenos do Cobreloa na decisão. A mesma equipe viria a conquistar o Mundial Interclubes daquele ano, ao bater os ingleses do Liverpool em Tóquio, no Japão.

Ainda neste ano, o Flamengo pode reencontrar a equipe inglesa – atual campeã da Liga dos Campeões da Europa – no Mundial da Fifa, que será disputado a partir de 11 dezembro no Qatar.

Mais um título

A delegação do Flamengo deve desembarcar no Rio de Janeiro neste domingo, em horário a ser confirmado por conta do voo ser fretado. A festa rubro-negra deve contar com um encontro na região da Candelária, no centro da cidade, e um desfile pela avenida Presidente Vargas.

A equipe ainda pode celebrar outro título no mesmo dia: se o vice-líder Palmeiras não vencer o seu compromisso pelo Campeonato Brasileiro, diante do Grêmio em São Paulo, o Rubro-Negro carioca também garante antecipadamente o título nacional.

 
Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up