Domingo, 16 de Fevereiro de 2020
Follow Us
Destaque

Destaque (3)

Acusados de se terem apossado de mais de mil imóveis arrestados pela Procuradoria Geral da República angolana, os três acionistas do maior conglomerado privado de media de Angola, Media Nova, negam qualquer ligação ao consórcio que construiu os edifícios e, alegando perseguição, ponderam vender o grupo

Estiveram todos ligados ao ex-Presidente José Eduardo dos Santos e, ao longo dos anos, acumularam fortunas bastante evidentes, assim como participações em empresas que operam em sectores de controlo estatal.

Os imóveis construídos com fundos públicos e apreendidos pelas autoridades angolanas, no Zango Zero e Kilamba, estão avaliados em mais de USD 532 milhões e 302 mil, soube-se hoje de fonte oficial.

Log in or Sign up