Quarta, 08 de Abril de 2020
Follow Us

Segunda, 23 Março 2020 16:51

Angola regista terceiro caso positivo de Coronavírus

A ministra da Saúde de Angola, Silvia Lutucuta, anunciou hoje um novo caso positivo de infeção por novo coronavírus em Angola, elevando para três o número de infeções registadas pelas autoridades sanitárias.

Trata-se de um jovem angolano de 23 anos de idade que teve uma passagem por Espanha e regressou de Portugal no voo de dia 17 março, acrescentou a ministra, numa conferência de imprensa em Luanda.

Silvia Lutucuta adiantou que está a ser feito o rastreio de contactos deste doente e estão isoladas algumas pessoas que estiveram diretamente em contacto com o cidadão angolano.

Os três pacientes apresentam sintomas ligeiros da doença e estão internados em Luanda.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 341 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 15.100 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente africano registou mais de 50 mortes devido ao novo coronavírus, ultrapassando os 1.700 casos em 45 países e territórios, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia da covid-19.

Os casos confirmados em África: ( Atualizando 17:22) 23/03/2020

África do Sul (402), Egito (327), Argélia (230), Marrocos (134), Burkina Faso (75), Tunísia (75), Senegal (67), Camarões (40), RD do Congo (30), Nigéria (30), Maurícia (28), Gana (23), Ruanda (19), Costa do Marfim (14), Maurícias (14),Tanzania (12), Etiópia (11), Seicheles (07), Quénia (07), Guiné Equatorial (06),  Gabão (04), Esuatini (04), Namíbia (03), Madagascar (03), Zimbabwe (03), Libéria (03), República do Congo (03), Zâmbia (03), Cabo Verde (03), Angola (03), Togo (03), Benim (02), Mauritânia (02), Libéria (02), Sudão (02), República Centro Africana (01), Djibuti  (01), Níger (01), Gâmbia (01), Guiné Conacri (01), Somália (01), Moçambique (01)

Os países africanos lusófonos - Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe - mantêm-se sem casos confirmados.

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up