Terça, 16 de Julho de 2024
Follow Us

Quarta, 31 Janeiro 2024 11:13

Angolanos confiantes no apuramento da seleção para os 'quartos'

A três dias do confronto com a Nigéria, os angolanos mostram-se confiantes na vitória e acreditam no inédito apuramento da seleção de futebol para as meias-finais de uma Taça das Nações Africanas (CAN).

Angola vai tentar bater a Nigéria na próxima sexta-feira, nos quartos de final da 34.ª edição da competição, que decorre na Costa do Marfim, no que será também um duelo de treinadores portugueses, com Pedro Gonçalves, no comando dos 'palancas negras', e José Peseiro, a liderar a equipa nigeriana.

Em Luanda, as expectativas são otimistas e muitos acreditam na vitória de Angola, que levará à passagem às meias-finais da competição mais importante do continente africano a nível de seleções.

“Angola vai ganhar à Nigéria porque, neste momento, estamos com melhores jogadores. Eu vi os jogos da Nigéria e vi os jogos de Angola, percebi que Angola tem bons jogadores, capazes de vencer a Nigéria e espero que o treinador não troque o onze inicial, permaneça a mesma equipa do jogo anterior, porque se fizer alterações vai haver baixa de rendimenton na nossa seleção” disse à Lusa Antenor Domingos.

Apesar dos três títulos continentais que a Nigéria conserva, ao contrário de Angola, que nunca subiu ao pódio, Antenor acredita no triunfo dos angolanos e na conquista da Taça das Nações Africanas.

“Cada jogo é um jogo, e cada CAN é uma CAN. Neste momento, nós estamos preparados para vencer esta CAN. Gelson Dala, Gilberto e Mabululu vão fazer a diferença e vamos vencer a Nigéria por 3-0” vaticinou.

Fernando Cadumbo é outra voz que acredita na qualificação dos angolanos para as meias-finais, apesar de algumas fragilidades ainda demostradas pelos angolanos.

“Nós somos fortes na transição defensiva, mas no meio-campo estamos muito fracos e como o treinador da Nigéria, José Peseiro, conhece muito bem o futebol angolano e diz que Angola é muito forte nas alas, então, vamos aproveitar as alas. Acredito que a Nigéria vai aproveitar o nosso meio-campo. Há um jovem chamado Estrela, que foi um grande jogador no último confronto, mas a Nigéria vai sentir dificuldade nas alas”, opinou.

De resto, destacou a necessidade de uma vitória sobre os nigerianos, independentemente do resultado: “Este é um jogo de mata-mata. Mesmo que seja nos penáltis, queremos ganhar. Não interessa por quanto, se vai ser dois, quatro ou cinco, é um jogo de mata-mata e esperamos que o Mabululu e o Gelson Dala façam a diferença em campo”.

Helena Chinanga também se junta à corrente positiva e acredita na vitória de Angola.

“A expetativa é ganhar o jogo, ganhar à Nigéria por 5-0. Os nossos jogadores têm muita energia, são jovens e nós acreditamos que eles vão vencer este jogo, temos a plena certeza de que eles vão vencer este jogo. Toda a nossa energia para os jogadores de Angola” desejou.

No seio dos angolanos não se pensa noutra possibilidade que não seja vitória, e entre vários resultados possíveis, Manuel Cabaça é outra voz que se mostra confiante.

“Como angolano e filho do município do Cazenga [bairro de origem de Mabulu, autor de um dos golos do último jogo de Angola], digo que vamos ganhar 2-1, com um golo do Mabululu e outro do Gelson Dala, apesar de ainda haver alguma fragilidade no meio campo, mas vamos ganhar” vaticinou.

Já Télson Domingos, outro aficionado do futebol, apesar de destacar o bom momento de forma da seleção angolana, mostra-se cauteloso e admite que vai ser um jogo difícil para as duas seleções, pelo que atribui favoritismo a ambos conjuntos.

“A seleção angolana está muito bem posicionada. Olhando para o histórico, há muito tempo que a nossa seleção não alcançava este nível em termos de golos e nível tático. Estamos nos quartos de final, Angola está muito bem e a Nigéria não tem demonstrado o futebol que nós conhecemos. Por isso, acredito que Angola está ao nível de confrontar a Nigéria de modo a ganhar a partida”, admitiu.

Quanto ao plantel às ordens de Pedro Goncalves, Télson Domingos destaca a necessidade de se melhorar o setor defensivo, ao contrário do ataque angolano, que, na sua ótica, está muito bem.

“Eu tenho notado que o Mabululu é um jogador que, para mim, de entre todos os jogos que Angola já fez, é o jogador que está a dar muito o litro em termos dos avançados. Na defensiva temos bons jogadores, mas, ainda assim, faço aqui o reparo de que temos de melhorar muito, temos bons defesas, mas precisam melhorar mais as suas qualidades técnicas” disse.

Angola e Nigéria jogam na sexta-feira, a partir das 17:00, em Abidjan, em encontro dos quartos de final da CAN2023, que tem ainda agendados os duelos República Democrática do Congo-Guiné, Mali-Costa do Marfim e Cabo Verde-África do Sul.

Rate this item
(0 votes)