Sexta, 12 de Agosto de 2022
Follow Us

Sexta, 29 Julho 2022 14:35

Ministério Público da Espanha pede dois anos de prisão para o atacante Neymar

A imprensa espanhola está a avançar que o ministério público vai pedir, em tribunal, uma pena de dois anos de prisão e o pagamento de um multa de 10 milhões de euros.

Em causa está a transferência do Santos para o Barça. A justiça espanhola considera que Neymar assinou, em 2011, "contratos simulados com o Barcelona, ignorando que os direitos dos jogadores pertenciam ao Santos e à DIS (uma empresa brasileira especializada no mercado do futebol)".

A princípio, o Barcelona estimou oficialmente a transferência de Neymar em € 57,1 milhões na época (€ 40 milhões para a família de Neymar, e € 17,1 milhões para o Santos), mas a Justiça espanhola calcula que o valor total da transação tenha chegado a pelo menos € 83,3 milhões.

Há cerca de sete anos, a DIS denunciou a situação por considerar que foi vítima de um engano criado por Neymar, os seus familiares e o Barça. A empresa era detentora desde 2009 de 40% dos direitos do jogador quando este alinhava pelo Santos.

O julgamento arranca dia 17 de outubro. Neymar será ouvido pela justiça um mês antes do arranque do Mundial no Qatar.

Além de Neymar vão a julgamento em outubro os seus pais e os dois ex-presidentes do FC Barcelona, Sandro Rosell e Josep Maria Bartomeu, e o ex-diretor do Santos.

Rate this item
(0 votes)