Sábado, 13 de Julho de 2024
Follow Us

Sexta, 04 Agosto 2023 18:19

Sérgio Raimundo defende Isabel dos Santos gratuitamente por honra ao antigo Presidente da República

O advogado Sérgio Raimundo afirma que está a defender, gratuitamente, a empresária Isabel dos Santos, em processos judiciais que correm os seus trâmites em Angola, em honra , homenagem e memória do antigo Presidente da República, José Eduardo dos Santos. “Nunca cobrei honorários a Isabel [dos Santos], em honra e homenagem ao seu pai que, como qualquer ser humano, cometeu os seus erros”, lê-se numa nota enviada ao jornal OPAÍS.

O causídico explica que partindo do princípio de que o homem é um ser imperfeito, tudo de perfeito que realiza acaba sempre por ser imperfeito, mas que, essencialmente, José Eduardo dos Santos fez muitas coisas boas para a Nação angolana. No seu ponto de vista, agora que ele partiu para outra dimensão da vida, começar-se-á a reconhecer os seus méritos porque a sociedade já tem elementos bastantes de comparação.

Para sustentar a sua tese, citou como exemplo a abolição da pena de morte e a defesa da soberania e a integridade territorial do país. Apontou ainda a libertação da África Austral co- mo sendo uma das lutas que José Eduardo dos Santos dirigiu, realizando um dos legados do primeiro Presidenta da República, António Agostinho Neto, segundo o qual “na Namíbia, no Zimbabwe e na África do Sul está a continuação da nossa luta”.

“[O antigo Presidente] conduziu o combate pela conquista da paz e conquistou-a de forma inédita na história universal, porque quando tinha tudo para dizimar e fazer desaparecer do mapa o seu adversário político-militar, ordenou para que não se fizesse nem mais um tiro e que se preservassem as pessoas vivas para negociar a paz, sem qualquer pressão ou intervenção externa”, detalhou. Sérgio Raimundo afirma que o antigo Presidente da República “iniciou, bem ou mal, o processo de reconciliação e de reconstrução nacional.

Só para citar alguns exemplos da sua trajectória”. Acrescentou de seguida que “há coisas que valem muito mais que o dinheiro, por isso, nem tudo faço por dinheiro”. O advogado prestou essa informação em reacção à manchete deste jornal da edição de Sexta-feira passada, que o coloca entre os advogados que estão a ganhar “milhões” com a defesa da empresária Isabel dos Santos, em diferentes batalhas judiciais.

“É falsa a ideia de que eu esteja a facturar milhões, pois não sou da estirpe de pessoas que pro- curam construir a sua felicidade na base da desgraça ou infelicidade dos outros”, frisou, salientando que não enviou à filha de José Eduardo dos San- tos e muitos outros alguma nota de cobrança de honorários. OPAÍS

Rate this item
(1 Vote)