Domingo, 24 de Setembro de 2023
Follow Us

Sexta, 09 Junho 2023 19:37

Cervejas foram o produto com mais peso na indústria angolana em 2022

A cerveja foi o produto que teve maior participação no Produto Interno Bruto (PIB) do setor industrial angolano em 2022, com um peso de 17%, seguindo-se a farinha de trigo com 14%, indicam dados oficiais.

Produtos químicos (13%), refrigerantes (9%) e massas alimentícias (9%) também fazem parte da lista dos 15 produtos que mais contribuíram para o PIB do setor em 2022, segundo dados do Ministério da Indústria e Comércio de Angola.

Os dados, partilhados esta sexta-feira durante o espaço “Diálogo com o Ministro”, referem que o subsetor das bebidas lidera atualmente o ranking do setor em termos de capacidade de produção, com 31% do PIB industrial em 2022. As bebidas (31%), a alimentação (28%) e os químicos (14%) são as três principais categorias que mais contribuíram nesse período.

O relatório do Gabinete de Estudos, Planeamento de Estatísticas (GEPE) da entidade ministerial refere também que no domínio da indústria, foram emitidos, em 2022, 1.311 novos alvarás industriais definitivos e gerados 26.299 novos postos de trabalho.

Os novos alvarás industriais definitivos perfazem um total de investimentos no valor de 4,1 bilhões de kwanzas (6,1 mil milhões de euros).

Em relação às ações do Programa Integrado de Desenvolvimento do Comércio Rural (PIDCR), que incentivam o desenvolvimento dos operadores de transporte de mercadorias do comércio rural, até final de 2022 resultaram na distribuição de 327 carrinhas.

Segundo o documento, em 2022, o comércio externo registou um volume de negócios na ordem dos 49,4 mil milhões de dólares (45,9 mil milhões de euros), representando um aumento de 36,73% em comparação com o ano anterior.

A balança comercial representou um saldo positivo de 16,6 mil milhões de dólares (15,4 mil milhões de euros). As exportações registaram um volume de 33 mil milhões de dólares (31 mil milhões de euros), enquanto as importações, no período, totalizaram 16,4 mil milhões de dólares (15,2 mil milhões de euros).

Criação e implementação do Programa Integrado de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Industriais e a elaboração do Censo da Indústria de Angola são algumas das ações em curso a nível do Ministério da Indústria e Comércio.

Vítor Fernandes, ministro do setor, foi o orador deste diálogo em que participaram jornalistas de distintos órgãos de comunicação social.

Rate this item
(0 votes)