Segunda, 15 de Abril de 2024
Follow Us

Terça, 13 Fevereiro 2024 20:15

Máfia angolana executa homem com armas de guerra em Portugal

Milhares de euros e kwanzas (moeda de Angola) espalhados pelo chão, munições de calibres de guerra e um homem coberto de hematomas, com uma omoplata fraturada, um tiro no peito e quatro na cabeça.

Foi este o cenário encontrado pela Polícia de Segurança Pública de Portugal (PSP) quando foi chamada ao Bairro dos Navegadores, em Oeiras no Distrito de Lisboa, na madrugada de ontem. Uma execução ao estilo da máfia à porta de um prédio cometida por dois homens, um deles armado com uma espingarda de assalto, que ficou registada em vídeo. Os atiradores fugiram num Mercedes escuro e estão em fuga.

Vítor Barros Pereira, angolano de 35 anos conhecido por `Tamborro', foi emboscado e executado quando chegava a casa. Suspeita-se que os atiradores façam parte da máfia angolana. De acordo com o relato de familiares e vizinhos às autoridades, terá sido primeiro espancado e depois atingido com cinco tiros pelos dois homens, que após o crime fugiram num carro onde um cúmplice esperava ao volante. Um vídeo mostra o condutor a buzinar para os homicidas no sentido de os alertar para testemunhas e indicar onde estava o carro da fuga.

No local foram encontrados invólucros de munições de calibre 9 mm e 5.56 mm. O primeiro é habitualmente utilizado em Portugal pelas forças de segurança e o seu uso é proibido a civis, o segundo corresponde a espingardas de assalto de uso militar, arma que um dos suspeitos transporta numa das mãos no momento da fuga para o carro onde estava o cúmplice.

5 tiros disparados por pelo menos duas armas diferentes atingiram a vítima

Correio da Manhã

Rate this item
(1 Vote)