Segunda, 27 de Mai de 2024
Follow Us

Terça, 02 Janeiro 2024 14:16

Navio angolano com 19 tripulantes retido na Namíbia por suspeita de pesca ilegal

Uma embarcação de pesca de Angola, com 19 tripulantes, incluindo um português e angolanos, três dos quais se encontram detidos foi apreendida por suposta pesca ilegal nas águas da Namíbia, tendo sido detidas três pessoas, anunciaram hoje as autoridades angolanas.

Segundo um responsável do centro regional de fiscalização pesqueira da região sul de Angola, a embarcação foi autuada no dia 19 de dezembro a 12 milhas das águas namibianas, e transportava 15 tripulantes de nacionalidade angolana, um português, dois senegaleses e um sul-africano.

“A informação que temos é que a embarcação denominada Lucimar, licenciada em Angola, foi autuada nas águas namibianas, a 12 milhas dentro das águas namibianas” por suspeita de “tentativa de pesca”, disse Vicente Neto, citado pela Rádio Nacional de Angola.

A mesma fonte avançou que as autoridades namibianas não reportaram pescado, mas que encontraram o barco e após inspeção feita suspeitaram que “estava prestes a realizar pesca”.

De acordo com o responsável, o armador foi contactado e o mesmo alega que o capitão reportou uma avaria do motor principal em águas angolanas, fazendo com que a embarcação fosse arrastada pelas correntes para aquela coordenada já em águas namibianas.

“Mas tentamos realmente saber se o capitão reportou realmente a fazer algum SOS e não vemos nenhuma mensagem a reportar a situação, para ver a veracidade da situação, até ao momento não temos nada”, frisou.

Os três tripulantes detidos, o capitão do navio, o engenheiro chefe e um tripulante, foram acusados do crime de pesca ilegal, e já compareceram em tribunal, tendo-lhes sido negada fiança, pelo que ficaram detidos sob custódia, aguardando julgamento no dia 08 de fevereiro.

Rate this item
(0 votes)