Segunda, 08 de Agosto de 2022
Follow Us

Quarta, 22 Junho 2022 20:35

Dois civis mortos e um ferido em ataque das Forças Armadas Angolanas em Cabinda - FLEC

A organização independentista do enclave angolano de Cabinda denunciou hoje em comunicado a morte de dois civis num ataque das Forças Armadas Angolanas (FAA) a uma posição da guerrilha cabinda na aldeia de Sanda Massala, extremo nordeste do território.

“O ataque a um posto militar das Forças Armadas de Cabinda (FAC) na aldeia de Sanda Massala provocou a morte de dois civis e ferimentos noutro”, lê-se no comunicado da Frente de Libertação do Estado de Cabinda (FLEC), assinado pelo coronel Kapita Júnior.

As tropas das FAC repeliram o ataque das FAA na região militar de Miconje, acrescenta-se na nota, que conclui referindo que o “Estado-Maior General das Forças Armadas de Cabinda alerta a comunidade internacional que a situação de segurança em Cabinda é tensa”.

A FLEC mantém há vários anos uma luta pela independência do território, de onde provém grande parte do petróleo angolano, alegando que o enclave era um protetorado português, tal como ficou estabelecido no Tratado de Simulambuco, assinado em 1885, e não parte integrante do território angolano.

No entanto, o Governo angolano recusa reconhecer uma situação de instabilidade naquela província, sublinhando sempre a unidade do território.

Rate this item
(0 votes)