Sexta, 28 de Janeiro de 2022
Follow Us

Segunda, 06 Dezembro 2021 23:07

Ex-Líder da IURD em Angola terá dito que não vai pagar sozinho revelando nomes de outros dois Bispos

O Ex-Líder da IURD em Angola, bispo Honorilton Gonçalves disse ter encontrado no tribunal, grandes volumes dos processos contra a IURD, em cujos actos prometeu alegadamente que não vai pagar sozinho, tendo adiantado pelos dois nomes de também bispos que deviam comparecer ao tribunal.

Dados que Angola24horas teve acesso, avançam que o Bispo, antigo responsável da igreja em Angola, Honorilton Gonçalves avançou tais informações, numa habitual reunião com os Ex-Pastores da IURD e fiéis a ele, em reacção ao julgamento do caso IURD que decorre no tribunal da comarca de Luanda.

"Os Bispos Pedro Correia e Augusto Dias terão que vir. Se tiver que vir o Pedro ou o Augusto eles vão ter que vir", rematou bispo Honorilton Gonçalves.

A fonte, de cuja identidade repousa sob anonimato, acrescentou que, dirigindo-se aos Bispos Mendes, Paulo Rosa e João Mário, nas vestes de antigos da instituição, Honorilton quis saber "porque é que não o disseram que a Igreja já tinha outros processos sob investigação.

"Um dos presentes, atropelou o mandamento (nas reuniões dos Bispos e Pastores da IURD não é hábito um Bispo ou Pastor intervir, só uma voz é dona da razão), este destemido, usou da santa coragem e dirigiu-se ao Rei da Selva explicou, que por causa dos mesmos processos crimes e outros atropelos contra as leis de Angola, que as lideranças praticavam, fez com que o Bispo Felner Batalha escrevesse aquela missiva conciliadora e de alerta para o Líder Fundador da IURD, Bispo Edir Macedo, despertando sobre o perigo que a igreja em Angola e no mundo estava prestes a enfrentar. Infeliz foi o Angolano Felner Batalha por aquela benigna intenção", segundo a mesma fonte de que nos referimos.

Ao cabo do encontro, avança, num tom agastado, Honorilton disse "tudo que eu tive que fazer já fiz, quem é com a Igreja e com o Bispo Edir Macedo vai pregar a palavra de Deus aqui mesmo nos países de África".

Uma fonte geralmente bem informada sobre o assunto, disse pouco depois que o arguido, Honorilton Gonçalves, reconheceu que os melhores Pastores da Igreja Universal do Reino de Deus são aqueles que escolheram Valente.

"Vocês estão aqui simplesmente por dinheiro, os melhores Pastores são aqueles que estão com Valente, mesmo com fome e dificuldades que eles estão a passar tiveram a coragem de descordar comigo, já vocês ficavam a me dizer vamos em frente, afinal vocês estavam a me empurrar no buraco, me sinto traído por vocês", disse Honorilton aos seus seguidores na recente reunião realizada no condomínio Laranjeira, Talatona-Luanda.

Na mesma ocasião, o Ex-líder da IURD, reconheceu a lealdades e a coragem dos mais de 330 Pastores subscritores do manifesto Pastoral que declarou a rutura com a antiga liderança.

Recorda-se que, desde o encerramento das contas bancárias e suspensão dos cultos da IURD pela Procuradoria-Geral de Angola, os Pastores da IURD-Angola sobrevivem alegadamente à custa de favores familiares, visto que, não usufruem das suas mesadas nem condições dignas de trabalhos têm, facto que foi reconhecido pelo antigo líder da IURD em Angola.

O julgamento do caso IURD, teve início a 18 de Novembro do ano em curso, dois anos depois dos escândalos terem se tornado públicos, em que são arguidos os Bispos Honorilton Gonçalves de nacionalidade Brasileira, Miguel António Ferraz, angolano e outros, que fazem o total de 5 arguidos para além de cerca de 100 declarantes.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up