Quinta, 27 de Janeiro de 2022
Follow Us

Quinta, 18 Março 2021 09:48

"Fiéis da Igreja Universal condenados por desobediência"

O Tribunal de Comarca do Cuito julgou e condenou, na tarde de Terça-feira, 16 de Março de 2021, três dos sete fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus, a 15 dias de prisão convertida em multa, por terem desobedecido à decisão do Estado angolano de reabertura dos templos e terem agredido outros féis .

A multa, a razão de 1 URP (Unidade de Referência Processual) equivalente a 88.000 Kz, vai ainda acompanhada de 10 mil Kwanzas de taxa de justiça e 75 mil Kwanzas de indeminização.

Como consta dos autos que os cidadãos em causa, com as idades compreendidas entre 20 aos 37 anos, foram julgados e condenados pelos crimes de desobediência e agressão simples à integridade física.

O julgamento surge pelo facto de, no Domingo, 14 de Março de 2021, um grupo de 15 fiéis da referida agremiação religiosa dirigiu-se ao principal templo de orações da IURD, na província do Bié, localizado na rua Joaquim Kapango, cidade do Cuito, enquanto decorria um culto, por sinal o primeiro que marca a reabertura das actividades da IURD, volvido um período de interrupção.

Os fiéis em causa assumem que não se revêem na actual direcção da Igreja, tanto a nível do país como na província, daí que não concordam que a mesma direcção venha coordenar as actividade religiosas, desrespeitando claramente uma decisão do Estado angolano.

Por esta razão, deslocaram-se às instalações da IURD no Cuito com o intuito de interromper o primeiro culto e manifestar o seu descontentamento, facto que originou fortes conflitos entre fiéis e, consequentemente, agressões físicas. Vale lembrar que, graças a uma denúncia da população, foi possível deter rapidamente os principais autores do grupo e, mediante instrução do competente processo-crime, foram encaminhados ao Ministério Público, onde, sumariamente, foram julgados e condenados. OPAIS

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up