Terça, 14 de Julho de 2020
Follow Us

Sábado, 26 Outubro 2019 17:59

Enquadramento: Policia Nacional cede à pressão de ex-militares e anuncia 1014 colocações

Depois de um longo período de pressão, com recurso a protestos mediáticos nas ruas de Luanda, mais de mil ex-militares das Forças Armadas Angolanas (FAA) começam nesta sexta-feira, 25, a ser enquadrados na Polícia Nacional.

Segundo o que o NJ apurou, a decisão foi anunciada no «encontro de emergência» convocado na terça-feira, 22, pelo comandante-geral em exercício, comissário-chefe António Pedro Kandela, após na manhã desse dia centenas de desmobilizados das FAA terem criado embaraços à ordem pública em Luanda, com protestos que exigiam, mais uma vez, o enquadramento na Polícia Nacional e restituição dos seus salários, desactivados desde Maio último.

"Fazemos fé que esta situação esteja definitivamente resolvida e voltemos a trabalhar para dar sustento às nossas famílias", observou Matias, ex-soldado das FAA que está de malas aviadas para se instalar no Kikuxi e dar o início à formação policial.

Entretanto, segundo ainda o que este jornal apurou, cerca de mil outros ex-militares desmobilizados das FAA continuarão com o futuro incerto. Alegados critérios ligados a decoro, precedentes e estrutura física estarão na base desta exclusão. NJ

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up