Sexta, 22 de Novembro de 2019
Follow Us

Segunda, 14 Outubro 2019 23:02

Archer Mangueira diz conhecer os desafios da província

Carlos da Rocha Cruz entregou as pastas a Archer Mangueira Carlos da Rocha Cruz entregou as pastas a Archer Mangueira

A nomeação de Augusto Archer de Sousa Mangueira ao cargo de governador provincial do Namibe pelo Presidente da República demonstra a importância que tem cada vez mais os órgãos da Administração Local para a resolução dos problemas dos cidadãos, segundo o ministro de Administração do Território e Reforma de Estado.

Adão de Almeida, que falava, hoje, em Moçâmedes, na cerimónia de passagem de pastas por parte do governador cessante, Carlos da Rocha Cruz, ao novo governador, Archer Mangueira, referiu que o Presidente João Lourenço tem passado a mensagem, nos seus discursos, de que os governos provinciais e as administrações municipais devem ser os actores principais na actuação do Executivo com vista à resolução dos problemas dos cidadãos.

“Acho que esta nomeação é também mais um sinal que o Presidente da República nos dá sobre o caminho que temos de seguir para encontramos as soluções e ter êxitos naquilo que é a nossa actuação”, disse Adão de Almeida, referindo aos presentes que o sucesso do trabalho do governador depende mais da colaboração dos membros do governo local e da população do Namibe do que da sua intervenção pessoal.

O novo governador do Namibe, que até à data da sua nomeação ocupava o cargo de ministro das Finanças, afirmou que tem consciência de que a província do Namibe tem muitos desafios e que vai ser um trabalho duro e bastante exigente, mas que com trabalho de equipa todos os desafios podem ser ultrapassados.

“Vamos dar uma atenção especial aos problemas que afligem neste momento os nossos irmãos muimbas, mucubais e tantos outros, vamos trabalhar com os responsáveis de todos os cinco municípios – Moçâmedes, Bibala, Virei, Camucuio e Virei – em prol dos nossos irmãos, com destaque para aqueles que mais têm estado a sofrer com o flagelo da seca”, afirmou. />Archer Mangueira elegeu também como tarefa urgente para a sua governação a construção e reabilitação de estradas para um eficaz escoamento dos produtos agrícolas do campo, bem como às infra-estruturas de energia e águas, saneamento básico, melhoria da prestação dos centros de saúde e da qualidade do ensino.

Nascido a 26 de Setembro de 1962, Augusto Archer de Sousa Mangueira exerce funções no Executivo há mais de 30 anos, sendo a última a de ministro das Finanças.

No acto de passagem de pastas, foram entregues ao novo governador processos e dossiers referentes à direcção e funcionamento dos serviços, organização financeira, gestão patrimonial e balanço orçamental, gestão de recursos humanos, programas de investimento público em curso e pendentes, projectos de infra-estruturas integradas, projectos de organização da zona económica especial e o projecto de requalificação da Marginal do Namibe.

O governador cessante, Carlos da Rocha Cruz, agradeceu a colaboração que teve de todas as forças vivas do Namibe durante os dois anos de governação da província, bem como ao Presidente da República pela confiança que lhe foi depositada.

“Devido a várias circunstâncias provocadas pela crise financeira, não conseguimos cumprir com alguns programas e projectos traçados; o Namibe tem tudo para caminhar para o desenvolvimento”, disse, Carlos Cruz manifestando-se disponível para continuar a trabalhar e apoiar o novo governador para o bem do Namibe e das suas populações.

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up