Quarta, 05 de Agosto de 2020
Follow Us

Quinta, 19 Dezembro 2019 00:38

32 indícios de que seu relacionamento não dura

Os relacionamentos são construídos com base em confiança, honestidade e boa comunicação, mas, além destes três pilares, há coisas que podem indicar qual será o fôlego da relação e quanto ela ainda vai aguentar. Desde um olhar maroto até a falta de sincronia espiritual, a seguir reunimos 30 indícios de que o relacionamento acabará em breve.

Egoísmo

Se um companheiro não parece se importar com mais ninguém além dele mesmo, tire um momento para avaliar a relação. O psicanalista alemão Erich Fromm propôs que egoístas, ao invés de terem muito amor-próprio, na verdade não possuem nenhum. O ódio deles é a razão pela qual implacavelmente sugam os outros; eles simplesmente não têm nada para dar. Se o seu parceiro mostrar um comportamento egoísta, talvez seja necessário resolver questões mais profundas antes que a relação possa prosseguir.

O outro adota todos os seus interesses

Ao mesmo tempo que é excelente ter coisas em comum com o companheiro, se você percebe que o outro subitamente passou a incorporar todos os seus interesses, o relacionamento pode ir para o brejo. Como a coach de relacionamentos Erika Ettin disse na Business Insider, "em qualquer relação é importante que ambos se aproximem, mas também mantenham sua vida independente. Não é uma boa ideia tornar-se tão dependente de outra pessoa que você perde sua essência, ou a personalidade que lhe torna singular. Quando você realiza coisas do seu próprio interesse torna-se mais interessante, uma pessoa mais plena e, portanto, uma melhor companhia para quem quer que seja".

Você está impregnado pela paixão

Ao mesmo tempo que é natural ficar um pouco embriagado pelos sentimentos de luxúria no início de um relacionamento, os psicólogos dizem que se estes são os únicos sentimentos que você tem pelo outro há chances de que o relacionamento estremeça com o tempo, na medida em que se conhece defeitos e quem a pessoa realmente é.

Você esconde partes de si mesmo

Se você quer que o relacionamento dure, precisa ter a capacidade de expressar seu verdadeiro eu. Ao mesmo tempo que é natural esconder partes de si no começo da relação, a psicóloga Dra. Liz Powell diz que ter um relacionamento de sucesso no longo prazo exige autenticidade.

Um ou o outro maltrata outras pessoas

Preste bem atenção em como seu companheiro ou companheira trata aqueles ao redor, especialmente prestadores de serviço, como garçons e caixas. Não há dúvida de que eles serão gentis com você durante os primeiros dias do romance, mas, se geralmente tratam mal quem consideram inferior, há bastante chance de que com o tempo tratem você igual depois.

A comunicação é irregular

As pessoas gostam de sentir que o parceiro as prioriza. Se o seu não se comunica com você na frequência que gostaria, pode ser um mau sinal. Não é incomum ter uma agenda cheia, mas as pesquisas mostram que o contentamento com a frequência da comunicação está relacionada à satisfação com o relacionamento como um todo.

O outro faz piada com você

Os casais que estão juntos há um tempo costumam se divertir de maneiras engraçadas e carinhosas. Mas, se a pessoa com quem você está o tempo todo faz graça de você, sentimentos ruins podem acabar construindo um muro entre vocês.

Você não gosta dos amigos do outro

Seu relacionamento pode estar se encaminhando para uma crise se você sente repulsa pelos amigos do seu parceiro. As pessoas com quem passamos nosso tempo dizem muito sobre nossa identidade e, se você não gosta dos amigos do seu parceiro, é provável que exista algo nele que você também não goste. É igualmente desfavorável se os amigos deles não gostarem de você ou se seus amigos não gostarem do seu parceiro.

Há altos e baixos na temperatura da relação

Se seu parceiro é carinhoso e quer passar muito tempo junto durante uma semana, mas fica distante e inacessível na próxima, isso pode ser um sinal de que não está pronto para se comprometer.

O outro não aceita as suas falhas

Quanto mais tempo você está em um relacionamento, mais provável será deixar baixar sua guarda e mostrar quem realmente é, todas as particularidades. Se o seu companheiro não consegue aceitar suas imperfeições—e há momentos nos quais deveria aceitar—é bem provável que não dure a relação entre os dois.

 Você não aceita os defeitos do outro

Se você descobre que as falhas do seu companheiro ou companheira começam a desgastar a relação e você simplesmente não consegue aceitá-las (por exemplo, largar copos sujos pela casa toda já não parece mais tão divertido), não espere que o relacionamento dure, vez que vocês provavelmente brigarão pelas mesmas coisas muitas e muitas vezes.

 Algum dos dois ainda possui sentimentos pelo ex

Se algum dos dois ainda alimenta certa queda por um antigo parceiro, não há uma presença total no relacionamento presente e vocês provavelmente terão dificuldade de evoluir. Você não pode se comprometer totalmente com uma pessoa quando seu coração pertence a outra.

Existe um desequilíbrio de poder.

Ela acabou de ser promovida... mas a sua esposa ainda está tendo dificuldades em encontrar trabalho desde que foi demitida, há um ano. Quando o senso de igualdade do casal está comprometido, isso tende a testar a capacidade de ficarem juntos nessa relação. "Qualquer tipo de discrepância de poder entre os dois – ela é mais velha e ele é mais novo; ela tem mais educação do que ele; ele é rico e ela é pobre, ela é bonita e ele não – pode acabar causando problemas no relacionamento".

O outro quer ficar o tempo todo sozinho

Separar um tempo para se envolver com suas próprias coisas é saudável para o relacionamento, mas se o seu parceiro nunca quiser ficar com você é um indício de que talvez não o valorize tanto quanto deveria. Um casal precisa passar tempo junto para que seu relacionamento prospere.

O sexo não é bom

Ao mesmo tempo em que é totalmente normal para os casais os altos e baixos na vida sexual, se as performances debaixo dos lençóis deixam com frequência a desejar o relacionamento provavelmente não dura. Uma pesquisa realizada pela empresa OnePoll and Pure Romance descobriu que um casal geralmente acaba quando chega a “4 ou 5 maus encontros sexuais”.

Há um desleixo com a higiene básica

Um estudo publicado no diário Personality and Social Psychology Bulletin descobriu que a terceira causa mais comum de términos de relacionamentos curtos e a nona razão mais comum para casamentos era uma má higiene.

O outro não se esforça

Em um novo relacionamento é esperado que seu parceiro faça pequenas coisas que tornarão seu dia mais agradável—como trazer flores, mandar mensagens românticas, coçar seus pés, etc. Mas, como em um jardim, os relacionamentos exigem cuidado constante, assim que a fase inicial termina se torna necessário conservar o frescor inicial.

Vocês discutem

Os casais podem se desentender eventualmente, mas uma pesquisa mostra que a forma da discussão é na verdade mais importante que o motivo pelo qual estão discutindo como termômetro de divórcio. A comunicação leva ao conflito, que pode levar ao rompimento.

O outro olha para outras pessoas

A menos que você e seu companheiro tenham discutido isso e chegado a um acordo, um olhar indiscreto para outras pessoas pode sinalizar que o relacionamento não é sólido. Ao mesmo tempo em que é natural ter atração por outras pessoas, é problema se isso oferece uma distração ao relacionamento.

O outro nunca se oferece para pagar

Se seu parceiro nunca apanha a própria carteira ou se oferece para dividir as despesas, isso pode indicar que não está muito comprometido com o relacionamento. No fim, a maioria das pessoas deseja um companheiro que gosta de fazer um agrado de vez em quando também.

Nunca fazem uma noitada a dois

Se o seu companheiro nunca sai com você há chance de que esteja com você apenas por sexo, o que não é uma boa maneira de construir uma boa relação de longo prazo. É também um indicador potencial de que sente vergonha de ser visto com você ou que há uma outra pessoa envolvida.

Os seus valores não estão alinhados

Se você quer formar uma grande família e o outro não quer filhos, ou vocês discordam sobre onde morar, como dividir as finanças e outros assuntos importantes, é improvável que o seu relacionamento sobreviva. De fato, especialistas em relacionamentos alegam que compartilhar os valores é geralmente mais importante que ter os mesmos interesses.

Vocês são inseguros

Não é um bom sinal se você está constantemente buscando afirmação no seu relacionamento ou preocupado com seu parceiro querer acabar tudo. A dependência mútua simplesmente não combina com um relacionamento bom e saudável.

Vocês têm ciúmes

Ao mesmo tempo em que é natural sentir ciúmes algumas vezes, a ciumeira constante pode quebrar a confiança na relação, sendo um fator decisivo que explica muitas experiências negativas nos relacionamentos e em rompimentos.

Vocês não se respeitam

O amor não é tudo o que se precisa para um relacionamento duradouro; uma boa dose de respeito também é crucial. Em uma pesquisa com centenas de casais que se uniram há pelo menos 10 anos, acreditar um no outro e dar espaço à outra pessoa para ser ela mesma era frequentemente citado como marca registrada do sucesso de um relacionamento.

O casal não fala sobre assuntos pessoais

Se o outro não está interessado em responder perguntas pessoais pode ser porque não esteja confortável com a ideia de se comprometer ou ainda não esteja pronto. Os relacionamentos são construídos em confiança, e se vocês não conseguem se abrir um com o outro, pode ser um sinal de alerta para um futuro a dois.

Os seus objetivos não estão alinhados

Um relacionamento é uma parceria, e é importante sentir que estão os dois trabalhando com objetivos comuns. Se os seus caminhos divergem ou se vocês não concordam sobre como acham que o futuro deve ser, é improvável que o namoro dure muito.

Vocês não querem conversar sobre os problemas

Se o seu parceiro não quer conversar sobre seus problemas ou sobre questões profissionais com você, as chances de que o casamento prossiga no longo prazo são pequenas. Um relatório publicado no diário Family Process descobriu que “abandonar o diálogo durante o conflito por um ou por ambos os entes do relacionamento, algo bastante comum, está associado a mais negatividade e menos conexões positivas nos relacionamentos”.

Vocês não confiam um no outro

Difícil de construir, fácil de perder, a confiança é um componente crucial de um relacionamento forte. Pesquisa do Gottman Institute indica que a confiança é a questão mais importante em um casamento e é construída pouco a pouco, em pequenos momentos de boa intenção e com o tempo.

Vocês não estão sintonizados espiritualmente

Ao mesmo tempo que há muitos casais com religiões diferentes que conseguem tocar seus relacionamentos sem qualquer problema, alguns descobrem que a diferença nas coisas que acreditam pode prejudicar e afastar. De fato, de acordo com as estatísticas, casamentos inter-religiosos acabam em maior proporção do que os casamentos entre pessoas do mesmo credo.

Eles não lembram dos primeiros dias de relacionamento com carinho.

Os casais que ainda estão investidos na relação adoram contar a história de "como se conheceram": mesmo quando eles passam por momentos atribulados em seu relacionamento, eles olham para o início de tudo com carinho, disse Caroline Madden, uma terapeuta de família e casais e autora do How to Go from Soul Mates to Roommates in 10 Easy Steps. [“Como passar de almas gêmeas para companheiros de quarto em 10 fáceis passos”, em tradução livre)

"Na minha prática eu pergunto aos casais como eles se conheceram e como eles se apaixonaram: o que eu busco é por qualquer ligação emocional com aquele casal feliz e carinhoso que eles um dia foram", disse ela. "Podem até ser lágrimas, risos ou raiva por não serem mais aquele casal. O que isso me diz é que ainda existe uma faísca, que eles lembram que estiveram apaixonados e querem ser esse casal de novo".

Se eles não conseguem mostrar qualquer tipo de emoção com sua bonitinha história de como se conheceram, existe pouca esperança para o futuro dessa relação, explicou Madden.

"Quando alguém diz que não se lembra ou que não gostava de algo sobre seu parceiro no início, eu sei que o casal provavelmente não irá durar muito tempo junto. Eu posso resgatar os casais que estão a ponto de se divorciarem depois de um caso -- Eu não consigo trazer esse brilho de volta". MSN

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Quinta, 19 Dezembro 2019 01:07

Log in or Sign up