Quinta, 19 de Setembro de 2019
Follow Us

Quarta, 11 Setembro 2019 18:41

Corpo de ex-Presidente Mugabe recebido em Harare por multidão

O corpo do ex-Presidente do Zimbabué Robert Mugabe, falecido na semana passada aos 95 anos, chegou hoje ao início da tarde à capital Harare, onde foi recebido com honras militares pelo Presidente Emmerson Mnangagwa.

Os restos mortais do líder da independência do Zimbabué, que governou o país durante 37 anos até ser afastado, em 2017, será velado durante vários dias na capital do país até ser sepultado, no domingo, em local ainda não divulgado.

Proveniente de Singapura, onde o antigo chefe de Estado esteve em tratamento nos últimos meses, o avião que transportava o corpo de Robert Mugabe aterrou no aeroporto de Harare, que tem o seu nome, ao início da tarde.

Milhares de pessoas esperavam a chegada do corpo do ex-Presidente, que foi recebido com honras militares pelo atual chefe de Estado e seu sucessor, Emmerson Mnangagwa.Na tribuna de honra, estava também a viúva, Grace Mugabe.

A urna, coberta com a bandeira do Zimbabué, seguiu do aeroporto para a residência "Teto Azul", onde decorrerá a primeira homenagem pública.

O caixão deverá ser transferido, na quinta-feira, para o estádio Rufaro, nos arredores de Harare, para "permitir à população de todo o país render uma homenagem ao ilustre herói da guerra de libertação", segundo a ministra da Informação, Monica Mutsvangwa.

Foi neste mesmo estádio que, em 18 de abril de 1980, Robert Mugabe assumiu a liderança da antiga Rodésia, tendo içado a nova bandeira do Zimbabué e acendido a "chama da independência".

Na tarde de quinta-feira, o corpo deverá ser levado para a localidade de Zvimba, cerca de 100 quilómetros de Harare, onde o ex-Presidente tem uma casa.

As cerimónias fúnebres oficias decorrerão na manhã de sábado no estádio nacional de Harare, que tem capacidade para 60 mil pessoas.São esperados para as cerimónias o Presidente chinês Xi Jinping, o ex-Presidente Cubano Raul Castro, e os Presidentes da África do Sul, Cyril Ramaphosa, da Nigéria, Mohammadu Buhari, e da República Democrática do Congo, Félix Tshisekedi.

Devido ao seu estatuto de "herói nacional", Robert Mugabe deveria ser sepultado no "Campo dos Heróis Nacionais", em Harare, mas a família e os chefes tradicionais têm-se oposto, alegando que o antigo chefe de Estado manifestou vontade de ser enterrado em Zvimba.

Após o afastamento do poder de Robert Mugabe, as relações do ex-Presidente e da sua família com o seu sucessor, Emmerson Mnangagwa, que qualificam como 'traidor", deterioraram-se fortemente.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up