Sábado, 23 de Janeiro de 2021
Follow Us

Sábado, 15 Agosto 2020 01:28

Estrangeiros tentam obter cidadania angolana de forma ilegal

Dez a quinze estrangeiros tentam diariamente obter de forma ilegal a cidadania angolana, nos postos de registo civil e de emissão de bilhete de identidade na província do Bengo.

A denúncia foi feita hoje à Angop pelo chefe do departamento de registo civil e identificação da Delegação Provincial do Bengo da Justiça e dos Direitos Humanos, Tito Pedro de Sousa, frisando que os técnicos estão preparados para detectar esse tipo de casos.

O responsável disse que os infractores são, na sua maioria, cidadãos da República Democrática do Congo que contam com a colaboração de angolanos, inclusive funcionários da Justiça.

Os estrangeiros apanhados nesta prática são encaminhados para o Serviço de Migração e Estrangeiros para clarificar a sua situação migratória e, caso se conclua estarem ilegais no país, são repatriados.

Disse haver angolanos envolvidos neste acto ilícito, facilitando e instruindo os estrangeiros para que obtenham fraudulentamente a cidadania angolana.

“Nas últimas semanas abrimos um posto no bairro Kalawenda, no município do Dande, e na lista de presença para serem atendidos os 15 primeiros cidadãos eram estrangeiros”, relatou.

No entanto, explicou que o estrangeiro que tenha filho nascido em Angola pode adquirir legalmente o registo de nascimento, mas depois deverá dirigir-se a embaixada do seu país para conformar o acto.

Quanto aos estrangeiros que queiram obter a cidadania angolana, o responsável da justiça disse existirem procedimentos próprios, devendo os requerentes dirigir-se as conservatórias e postos de registo civil para obter a informação necessária.

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up