Terça, 26 de Mai de 2020
Follow Us

Terça, 04 Fevereiro 2020 19:02

João Lourenço inaugura Instituto Politécnico das Pescas financiado por Espanha

O Presidente angolano, João Lourenço, inaugurou o Instituto Politécnico das Pescas, financiado pelo governo espanhol, para atender a "carência de técnicos qualificados" de nível médio para o setor.

O Presidente angolano, João Lourenço, inaugurou esta terça-feira o Instituto Politécnico das Pescas – CEFOPESCAS, financiado pelo governo espanhol, para atender a “carência de técnicos qualificados” de nível médio para o setor.

Erguido numa área superior de 5.600 m2, distribuído em três pisos, o CEFOPESCAS, localizado no município de Belas, sul de Luanda, tem uma capacidade para albergar 1.836 alunos e resulta de um investimento de 98 milhões de dólares (82,3 milhões de euros).

Ladeado da primeira-dama da República e demais membros do seu Governo, João Lourenço descerrou a placa da instituição e visitou os departamentos da instituição que vai ministrar aulas do ensino médio da 7.ª à 13.ª classe.

A formação da CEFOPESCAS deve obedecer aos padrões e regulamentos da Organização Marítima Internacional, o que confere aos alunos o título de Pesqueiro Polivalente, certificado pelo Instituto Politécnico Marítimo Pesqueiro do Atlântico de Espanha, aprovado pela União Europeia (UE).

Segundo as autoridades angolanas, ao fim das respetivas formações, os alunos deverão ser capazes de realizar todas as operações que se exigem em barcos de pesca profissionais, nomeadamente controlar a navegação, organizar e executar as atividades de extração e conservação da pesca, entre outras.

Localizado próximo ao mar, o complexo com três pisos conta com salas para aulas teórico-práticas, três laboratórios, uma biblioteca, oficinas de simulação técnica, área administrativa com gabinetes para os professores, entre várias valências.

Angola quer conquistar SADC no domínio da formação em pescas

O governo angolano quer elevar o Instituto Politécnico das Pescas a um “lugar de excelência” e à “conquista da região” da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

Segundo a ministra das Pescas e do Mar angolana, Maria Antonieta Batista, a “conquista da região da SADC e um lugar de excelência nos rankings”, numa visão de “crescimento e desenvolvimento”, são metas primordiais da instituição.

O CEFOPESCAS, um investimento de 98 milhões de dólares (82,3 milhões de euros) financiados pelo Governo de Espanha, foi inaugurado esta terça-feira, pelo Presidente de Angola, João Lourenço.

Para a governante, a infraestrutura, localizada no município de Belas, sul de Luanda, com uma densidade populacional de mais de 1,2 milhões de habitantes, terá um “impacto social muito grande na comunidade onde se encontra”.

A ministra referiu que o instituto tem como objetivo “tornar-se em autoridade competente na formação média do setor, com prestígio nacional e internacional”. Com capacidade para albergar 1.836 alunos, o CEFOPESCAS vai ministrar aulas do ensino médio da 7.ª à 13.ª classe.

De acordo com Maria Antonieta Batista, a instituição propõe-se formar quadros com qualidade, com o propósito de solidificar a carreira académica, e capazes de “responderem à carência de técnicos específicos” para o setor.

“Começa aqui hoje a missão de projetar o funcionamento do Instituto a favor do cumprimento do objetivo número 14 do Desenvolvimento Sustentável que é de conservar e utilizar de forma sustentável os oceanos, mares e recursos pesqueiros”, adiantou.

Entre várias dependências, a instituição, construída numa área superior de 5.600 m2 e distribuída em três pisos, contempla igualmente uma aérea de 832 m2, com as oficinas de pesca e tratamento de peixe, carpintaria naval, motores, soldadura e mecanização.

Conta ainda com residências para o alojamento de 310 alunos e 24 habitações unifamiliares para alojar professores.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up