Quinta, 19 de Setembro de 2019
Follow Us

Domingo, 01 Setembro 2019 17:57

Acusados do rapto do músico Kenny Base presentes no Ministério Publico

Quatro cidadãos acusados de raptar o músico angolano Kenny Base, no sábado, serão presentes segunda-feira ao Ministério Publico (MP), para os procedimentos legais em processo criminal.

Os raptores exigiam a quantia de dois milhões de kwanzas, aos familiares, para libertar o ex-integrante do grupo de rap Warrent B.

De acordo com um comunicado de imprensa da Delegação de Luanda do Ministério do Interior (Minint), operativos do Serviço de Investigação Criminal (SIC) conseguiram resgatar o cantor, sem que fossem entreguem os valores solicitados.

No acto de captura, lê-se no comunicado, os presumíveis autores do rapto reagiram com disparos de armas de fogo contra os efectivos do SIC que responderam pela mesma proporção, alvejando um dos suspeitos, que veio a morrer a caminho de uma unidade hospitalar.

Avança que o artista está em óptimas condições de saúde.

Os operativos do SIC conseguiram recuperar a viatura da vítima, já com a matrícula alterada, e duas armas de fogo utilizadas durante o confronto.

Kenny Base notabilizou-se no grupo Warrent B ao lado de Eddy Tussa, Meyv e Papetchulo.

Com o grupo gravou e publicou os discos "Batalha", em 1999, "Perfil Adequado", em 2003, e "O Preço da Fama", em 2007.

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up