Menu
RSS

Tréplica às declarações do porta-voz da CASA-CE

Tréplica às declarações do porta-voz da CASA-CE

A CASA-CE através do seu porta-voz Lindo Bernardo Tito fez uma réplica às declarações do PR João Lourenço na primeiríssima entrevista que concedeu aos jornalistas. Essa réplica do porta-voz da CASA-CE à subdivido em três pontos. 

Por Manuel Tandu

1. Conferência de imprensa ou entrevista colectiva

No entender do porta-voz da CASA-CE, o Presidente da Republica (PR) João Lourenço (JL) deu uma conferência de imprensa. Entende que o PR JL iria principiar com um texto de apoio para fazer um exercício daquilo que foram os seus primeiros cem (100) dias de governação. Pois no entender do mesmo, o PR JL deste modo permitiria aos jornalistas que lhe questionassem sobre alguns desses pontos. Em função deste pronunciamento do porta-voz da CASA-CE levanto a seguinte, houve uma entrevista colectiva ou uma conferência de imprensa. Importa aqui, expor o conceito de uma entrevista e de uma conferência de imprensa, de modo a ter-se, uma ideia clara, se o que ocorreu lá no palácio presidencial foi uma entrevista ou uma conferência de imprensa. 

1. 1. Conferência de imprensa 

A conferência de imprensa refere-se à convocatória que realiza uma entidade ou uma personalidade para reunir os jornalistas e comunicar-lhes alguma informação. De uma forma geral, as conferências de imprensa começam com uma informação que é prestada pelo protagonista, anunciando aquilo que queria difundir, e a seguir procede-se a um espaço de perguntas por parte dos jornalistas. Quem orienta este diálogo é quem convida os jornalistas, mas depende do mesmo, se permite ou não que os jornalistas o questionem. 

1. 2. Entrevista

A entrevista é um diálogo entre duas ou mais pessoas: o entrevistador (quem questiona) e o entrevistado (quem responde as questões). Numa entrevista colectiva há vários entrevistadores e um entrevistado. Mas em função das questões colocadas ao entrevistado, o mesmo tendo a staff pode indicar um integrante da staff pra responder uma questão, em função da sua natureza técnica. Na entrevista, o entrevistado não faz inicialmente o resumo das materiais que o entrevistador irá questionar, pois o entrevistado a ele recai a função de responder as questões que são colocadas pelo entrevistador. Logo cabe ao entrevistador antes da entrevista reuniu um conjunto de informações e a base disso formular as questões. 

Se na entrevista quem conduz o diálogo é o jornalista na qualidade de entrevistador ou é o jornalista que leva ao reboque o entrevistado. Já na conferência de imprensa que orienta o diálogo é quem convidou os jornalistas, ele é o protagonista, os jornalistas vão ao reboque dele. Na entrevista se exige maior preparação de quem será entrevistado pois as questões podem de serem vária ordem, enquanto na conferência de imprensa o jornalista coloca questões em função da informação que quem os convidou prestou. 

Logo o porta-voz da CASA-CE ao considerar o que ocorreu no Palácio presidencial de conferência de imprensa acabou por cometer um erro. Pois não se realizou uma conferência de imprensa, mas sim uma entrevista, e como o número de entrevistadores foi superior a um, dai que esse diálogo se chamou de entrevista colectiva, pois um conjunto de jornalistas questiona um entrevistado. 

2. Despartidarização do estado ou despartidarização do governo

No entender do porta-voz da CASA-CE, sobre a questão da despartidarização do estado o PR não conseguiu dizer ao país qual é a sua estratégia para a despartidarização do Estado. Entendem que o PR não esmiuçou de que modos vão os não-militantes do MPLA ter acesso à função pública e aos cargos intermédios do Estado. Em função desse pronunciamento da CASA-CE levanto a seguinte questão, o que realmente a oposição entende que deveria ser despartidarizado, o estado ou o governo. 

Alguns conceitos 

2. 1. Estado 

O Estado é a unidade administrativa de um determinado território. é formado por um conjunto de instituições públicas que representam, organizam e atendem as necessidades da população que habita neste  seu território. Entre essas instituições públicas temos o governo, as prisões, os hospitais públicos, o exército, os tribunais, as escolas... 

2. 2. Governo 

O governo é uma das instituições que compõem o Estado, e é ele que possui a função de administrar o Estado. Os governos mudam e podem apresentar diferentes formas, que geralmente variam de um lugar para outro, já os Estados não mudam, eles são permanentes.

2. 3. Despartidarização 

Despartidarização é um acto de retirar influência ou domínio partidários numa instituição. 

Deste modo a despartidarização do estado se entende com o retirar o domínio de um partido político no estado. E a despartidarização do governo se entende como o retirar o domínio do partido político no governo. Tendo como base as regras democráticas, um governo é resultado dum pleito, salvo em caso de uma instabilidade num país, para se estabilizar e reconciliar os irmãos desavindos se pode optar por se constituir um governo de unidade e reconciliação Nacional (GURN). 

Falar duma partidarização do estado, implica dizer que para se ter acesso a escola, ao hospital, a justiça, a habitação, ao emprego… tem que ser mediante a apresentação de cartão de militante. Como para se ter acesso a estes serviços não é mediante a apresentação do cartão de militante, logo a questão da partidarização do estado angolano é um problema que se pode afirmar que é inexistente, bem pode existir algumas pessoas com resquícios do passado, mas o estado não se resume a eles.

O problema da oposição é assumir funções no governo, mas o governo é uma instituição partidarizada. Pois é constituída pelo partido político vencedor de um pleito, por isso não há uma obrigatoriedade da parte da mesma em nomear políticos de outros partidos políticos no governo. 

3. As modalidades que ocorreu este dialogo 

No entender do porta-voz da CASA-CE a forma como foi organizada a conferência de Imprensa foi errada. Pois entende que primeiro os jornalistas dos meios de comunicação públicos, apresentaram as questões e depois os de órgãos independentes. O porta-voz da CASA-CE comete um erro crasso, primeiro por considerar a entrevista uma conferência de imprensa. E as modalidades que ocorreu esse diálogo entre o PR JL e os jornalistas prova que houve uma entrevista.

Quem colocou a primeira questão foi um jornalista da TV zimbo… mas isso também não é relevante, pois há questões sociais e económicas que não foram colocadas. Ate os jornalistas dos próprios órgãos independentes não foram capazes de superar as expectativas. O PR JL esteve a disposição dos mesmos, mas os mesmos não souberam aproveitar o momento para colocar ao PR JL questões fundamentais. Essa má prestação de alguns jornalistas nessa entrevista, não é por culpa do PR, pois ele esteve a disposição, eles é que não se preparam melhor. 

Enfim, houve uma entrevista colectiva e não uma conferência de imprensa, por isso o PR JL não fez um resumo dos cem dias da sua governação, antes das questões dos jornalistas. Caberia aos jornalistas fazerem um trabalho de casa sobre os cem dias da governação do PR JL, e em função disso elaborarem as questões. O PR JL não é culpado se foi questionado se está a gostar de ser presidente. Não é culpado se os jornalistas não tocaram em questões sociais, não é culpado se um jornalista teve dificuldades de formular uma questão. Não questionaram certas matérias fundamentais, talvez não houve um trabalho de casa. 

E o PR JL não podia dizer me questione também questões sociais... pois ele era o entrevistado. Na questão de despartidarização do estado. O PR JL respondeu correctamente, pois esclareceu que ao nível do estado há militantes de todos partidos políticos e os não-militantes de partidos políticos desempenhando diversas funções. Mas deixou claro que um governo resulta de eleições, por isso é uma instituição partidarizada. O jornalista que colocou esta questão da despartidarização é que teve dificuldades em esclarecer se falava duma despartidarizado do estado ou do governo.

Mídia

voltar ao topo
SIC apresenta provas e os assassinos de apresentadora da TPA

SIC apresenta provas e os assassinos de apresentadora da TPA

Os homens envolvidos na morte da ex-apresentadora da Televisão Pública de Angola...

Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

A apresentadora da Televisão Pública de Angola Beatriz Fernandes foi hoje encont...

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola proclamou, hoje, oficialmente, o M...

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheiro

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheir…

José Eduardo dos Santos é destes amigos improváveis arranjados pela diplomacia b...

PAGINAS PRINCIPAIS

ENTRETENIMENTO

  • Shows
  • Música

DESPORTO

  • Girabola 2016                         
  • Outros Esportes

SOBRE NÓS

  • Grupo Media VOX POPULI

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Instagram

RÁDIOS & TV

Radio AO24 Online

Em Breve