Menu
RSS

UNICARGAS novo PCA, velhos problemas de má gestão

UNICARGAS novo PCA, velhos problemas de má gestão

Colectivo de trabalhadores da UNICARGAS voltaram a mostrar a sua insatisfação perante velhos problemas deixados pela antiga gestão de Rubén Dombaxi. Novo PCA trata funcionários de " Parvos" e nomear 69 novos diretores incluindo um coronel das FAA

Coronel das FAA é nomeado Director Logístico auferindo assim dois salários

Celso Rodrigues de Lemos Rosas novo PCA da UNICARGAS afeito ao Ministério dos Transportes, é contestado por um colectivo de trabalhadores, que dizem "não trazer nada de novo nem a solução para as maquinas paradas nem a solução para o bem dos trabalhadores “que há mais de 20 anos não verificam conversões de carreiras nem aumento salarial.

Agastados com a má gestão, pedem maior atenção ao ministério da tutela que " reveja a situação miserável em que se encontram, " nós os trabalhadores da UNICARGAS sobrevivemos de kilápis e Empréstimos bancários, pedimos ao novo Ministro o fim de grupo de chefias" e denunciam admissão de familiares directa dos chefes " nunca houve concurso público na UNICARGAS, mas vimos todos dias novas caras a serem admitidas, se a empresa diz não ter dinheiro para aumentar os salários dos que já ganham mal" dizem

"Os mesmos que desfalcaram a Empresa na era do Dombaxi (Antigo PCA exonerado por má gestão) são os mesmos que continuam a austentar altos cargos e não produzem nada" acusados pela Inspeção Geral do Trabalho de "terem organizado duplo salário a todos funcionários " um caso que continua sob investigação na PGR

logo após a sua nomeação de PCA Celso de Lemos que é ao mesmo tempo gestor da empresa de ZENU e Gestor na Empresa privada de Diamantes Rosa e Petelas " implementou mudanças na Gestão e criou cerca de 69 diretores e chefes de Departamento, dos quais fez também o reajuste e aumento salarial só destes; o resto de trabalhadores não " denuncia o grupo de 60 funcionários ouvido por este portal

" deixou na mesma situação miserável à camada baixa que são a maioria, que tipo de reajuste é esse que se faz a começar de cima para os que já ganham bem, a casa começa-se a se construir do teto para o alicerce ou de baixo para cima?" questionam, indignados

Celso de Lemos Rosas é também acusado de ofensas corporais contra funcionários ao tratar lês de Parvos, " tratou-nos de Parvos, quando percebemos que o PCA reajustou apenas os salários dos chefes de Departamentos e Diretores, nós reivindicamos e Ele nos perguntou se o Pai, a Mãe e o filho podem dormir no mesmo quarto"

" O Actual PCA trouxe um Coronel das Forças Armadas Angolanas e o nomeou Director Logístico da UNICARGAS, este por sua vez trabalha fardado, auferindo 2 salários"

segundo estes trabalhadores, a má gestão parte do topo, onde existe uma quadrilha organizada " depois de investigações do caso duplo salário, apareceu faturas de compras de equipamentos que não existem na pratica, o dinheiro foi desviado por esta via"

existe na UNICARGAS uma máquina Ampliadora avariada há 7 anos a espera de uma peça que custa apenas 100 mil Kwanzas, por falta de dinheiro enquanto existem chefes que recebem saldos e dinheiro de combustíveis todos dias e todas semanas.

"sempre que os trabalhadores nomeiam um 1º Secretário da Comissão Sindical, a Direção por sua vez corrompe o mesmo e o nomear como director de um departamento com aumento salarial, afim de não vela pelo interesse colectivo dos demais trabalhadores " dizem, apontando como situação de injustiças " as injustiças partem dos subsídios de cesta básica os chefes recebem 100 mil Kwanzas e nós que produzimos só recebemos 27 mil, retiraram -nós o cartão de saúde que também só cobria dois membros da família para improvisar um posto médico com duas camas dentro das instalações da UNICARGAS , sem equipamentos nem medicamentos para acudir os mais de 700 trabalhadores " lamentam 

.
.
.
.
back to top

Recomendamos