Menu
RSS

Ex-governador do BNA arrola Eduardo dos Santos como testemunha

Ex-governador do BNA arrola Eduardo dos Santos como testemunha

No processo nº 06/2018 instruído pelo procurador junto da DNIAP, Napoleão de Jesus Monteiro, Valter Filipe alegou que toda operação foi feita "sob orientação e com o conhecimento do antigo Presidente da República".

A defesa do ex-governador do Banco Nacional de Angola (BNA) Valter Filipe incluiu o ex-Chefe de Estado e ainda presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos, como testemunha de defesa no processo sobre a alegada transferência ilegal de 500 milhões USD de Angola para um banco no estrangeiro.

Durante uma das secções de interrogatório, conduzida pelo procurador Napoleão Monteiro junto da Direcção Nacional e Investigação e Acção Penal (DNIAP) da PGR, o ex-governador do BNA alegou que "toda operação foi feita sob orientação e com o conhecimento do antigo Presidente da República", tendo, na ocasião, rejeitado as acusações que lhe foram imputadas de crimes de "peculato, associação criminosa, burla por defraudação e branqueamento de capitais".

Fontes judiciais confirmaram ao Expansão que Valter Filipe "entregou cópias de documentos" indicando que "terá agido a mando" do antigo chefe do Governo.

Além de Valter Filipe, no âmbito do processo sobre a "transferência ilegal" de 500 milhões de dólares" estão constituídos arguidos Filomeno dos Santos "Zenú", filho do ex-PR, e o seu sócio, Jorge Gaudens Pontes, PCA do Banco Mais, e mais dois funcionários do banco central. Expansão

.
.
.
.
back to top

Recomendamos