Menu
RSS

Unac vai disponibilizar um advogado da defesa para cantor Robertinho

Unac vai disponibilizar um advogado da defesa para cantor Robertinho

A União dos Artistas e Compositores (UNAC) vai disponibilizar um advogado, a partir de segunda-feira, para prestar assistência jurídica ao músico Robertinho, detido, segunda-feira, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), por estar indiciado por tráfico de droga. 

O administrador para a Área Jurídica, Licenciamentos e Contratos da UNAC, Africano Kangombe, garantiu ao Jornal de Angola que a associação vai encontrar um advogado para defender o músico Robertinho.

“O músico vai ter todo o apoio dos membros da UNAC”, acentuou Africano Kangombe, que disse estar assegurado o apoio jurídico.

O presidente interino da União Nacional dos Artistas e Compositores, Massano Júnior, disse que espera que “tudo isso não passe de um engano, para bem da classe, amigos, fãs e familiares de Robertinho”. “Espero que os verdadeiros culpados apareçam”, acentuou Massano Júnior, que reconheceu ser “uma situação complexa e melindrosa”. 

Massano Júnior disse estar solidário com Robertinho e que a UNAC vai acompanhar o processo e continuar a apoiá-lo moralmente.

Colegas solidários

Uma onda de solidariedade está a crescer entre os músicos desde a divulgação da notícia sobre o suposto envolvimento de Robertinho em  tráfico de drogas.

Elias dia Kimuezo, o Rei da música angolana, disse acreditar que alguém quer destruir a carreira de Robertinho, feita com muito sacrifício ao longo de anos.

“Isto pode até afectar a família dele, por isso espero que o nosso colega esteja entregue em boas mãos, para que tudo se possa esclarecer”, disse Elias dia Kimuezo. O músico António Paulino alertou os colegas para serem mais cautelosos quando se encontrarem no exterior do país e nunca devem confiar em ninguém, uma vez que o “mundo está cheio de pessoas desonestas”.

“O Robertinho não deveria ter aceite trazer bagagens alheias. Ele foi seguramente enganado. Deveria ter algum cuidado, por causa da sua imagem”, disse António Paulino, acentuando: “Vamos deixar que o SIC faça o seu trabalho e que os verdadeiros culpados apareçam”.

Lulas da Paixão lamentou o sucedido e disse esperar que tudo se resolva. Fernando Lucas da Silva é o nome de registo de Robertinho, natural do município do Quéssua, província de Malanje.  O músico chegou, nos anos 60 à  província de  Luanda, tendo vivido inicialmente no bairro Marçal,   onde começou o seu  interesse pela música, sendo um cantor com uma legião de admiradores em Angola. JA

..
..
back to top

Recomendamos