Menu
RSS

Câmbio flutuante já devia ter vigorado há muito tempo - economista

O Banco Nacional de Angola (BNA) já devia ter alterado há muito tempo o regime de câmbio fixo para o flutuante, medida que permitiria reduzir o diferencial do preço das divisas entre o mercado formal e o paralelo, afirmou o economista Carlos Rosado.

Carlos Rosado entende que quanto menor for o diferencial entre as taxas de câmbio do mercado formal e do informal, melhor será para os agentes económicos e quando a taxa de câmbio do BNA reflectir a procura e a oferta das divisas, haverá a redução gradual da actividade das kinguilas.

O economista falava à imprensa, nesta quarta-feira, à margem da apresentação das linhas de força do Executivo, relativamente ao Programa de Estabilização Macroeconómica para 2018, no qual o governador do BNA anunciou, para breve, a alteração do regime de câmbio das moedas transaccionadas, do fixo para o flutuante.

 Neste contexto, realçou que o que se pretende não é eliminar as kinguilas, tendo em conta que em todo o mundo existe o mercado paralelo, que tem auxiliado quando as taxas de câmbio não reflectem a procura e a oferta.

“É bom que os angolanos definitivamente comecem a olhar para as divisas como olham para os outros produtos de mercado, como a laranja, batata. As divisas são uma mercadoria, e sendo uma mercadoria o seu preço depende da oferta e a procura”, aconselhou.

No novo regime, o BNA passará a anunciar a existência de divisas e posteriormente os bancos comerciais farão as suas ofertas.

Neste sentido, explicou que se os bancos comerciais oferecerem um preço muito elevado, o BNA poderá oferecer mais dólares de maneira que faça baixar a taxa do câmbio.

Na conferência realizada nesta quarta-feira, o Banco Nacional de Angola (BNA) descartou  a possibilidade de uma desvalorização administrativa do Kwanza, mas anunciou que efectuará uma alteração no regime de câmbio em vigor, contrariando assim as análises avançadas recentemente por algumas agências internacionais de rating.

Nessa alteração, espera-se que o preço das moedas transaccionadas no mercado venha a ser definido com base na procura e na oferta de divisas.

No quadro dos ajustamentos cambiais e monetários a serem adoptados, o regime flutuante funcionará dentro de uma banda ou intervalo a ser definida pelo BNA, segundo o governador do Banco Central. 

Hoje, com base no câmbio fixo do BNA, cada dólar está a ser transaccionado a 165,098 Kwanzas a compra e 166,749 a venda, enquanto um Euro está a 184,497 Kwanzas a compra e 186,303 Kwanzas a venda.

Já no mercado paralelo, o Dólar custa 420 kwanzas a compra e 450 kwanzas a venda.

..
..
back to top

Recomendamos