Sexta, 09 de Dezembro de 2022
Follow Us

Segunda, 21 Novembro 2022 10:53

Director do Complexo Hospitalar diz que Nagrelha e esposa estavam informados sobre a impossibilidade de operar o seu cancro no pulmão

O Director-Geral do Complexo Hospitalar de Doenças Cardio-Pulmonares Cardeal Dom Alexandre do Nascimento, Carlos Alberto Masseca, tornou público neste domingo, 20 de novembro, durante uma conferência de imprensa, todo o processo de internamento, descoberta da doença, evacuação para Portugal e regresso de Nagrelha dos Lambas ao país.

Em declarações, o especialista, Carlos Alberto Masseca disse que, tão logo Nagrelha deu entrada naquela unidade hospitalar, foi submetido a vários exames, desde laboratoriais de imagem e, por fim, a biópsia, que confirmaram a existência de um cancro no pulmão com ramificações no fígado.

Depois de alguns dias internado em Angola, Nagrelha foi a Portugal, onde, de acordo com o responsável, os médicos de uma unidade de Lisboa confirmaram o diagnóstico dos especialistas angolanos, e depois de algum tempo, por decisão própria, “ O Estado Maior do Kuduro” decidiu regressar ao país, para estar perto dos seus.

“Nagrelha morreu na passada sexta-feira, por volta das 12h50m, vítima de cancro do pulmão em estado terminal, e nestes casos é tecnicamente impossível operar para a retirada do cancro. O máximo que se pode fazer é proporcionar maior qualidade de vida ao paciente, qualidade esta que foi garantida ao Estado-Maior do Kuduro”, esclareceu.

Entretanto, Carlos Alberto Masseca realçou que, tanto a família de Nagrelha (esposa) quanto o próprio artista estavam informados sobre tudo.

Rate this item
(0 votes)