Sábado, 08 de Mai de 2021
Follow Us

Terça, 30 Março 2021 14:13

Empresário congolês na mira das autoridades angolanas

Konema Mwenenge, empresário francês de origem congolesa que opera duas empresas com sede nos Emirados Árabes Unidos – Diamond Republic e Nemesis International, está na mira das autoridades angolanas por acreditar-se que o mesmo tenha realizado operações de venda de diamantes em nome de Isabel dos Santos e do falecido marido, Sindika Dokolo.

Durante a presidência de José Eduardo dos Santos, Isabel dos Santos e o marido tinham autoridade sobre a estratégia de exportação da Sociedade de Comercialização de Diamantes de Angola (Sodiam), que passou por uma longa cadeia de empresas comerciais, a maioria incorporadas nos Emirados Árabes Unidos.

A localização do património de Isabel dos Santos é uma prioridade do governo de João Lourenço.

O capital político do actual chefe de Estado angolano depende da capacidade de recuperar fundos que se acredita terem sido desviados pela família dos Santos. Por sua vez, os Emirados Árabes Unidos estão a gerir o processo com muito cuidado.

Os Emirados têm se esforçado para se apresentar como um paraíso para empresários e a apreensão de contas bancárias e activos de estrangeiros para julgamentos políticos pode afugentar muitos investidores, segundo avança o site África Intelligence. Luanda Post

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up