Quinta, 09 de Julho de 2020
Follow Us

Segunda, 30 Março 2020 14:13

Detidos seis pastores e três moto-taxistas em Angola por "desobediência" - polícia

Pelo menos nove pessoas, seis pastores e três moto-taxistas, foram detidas na província angolana do Bié por crime de desobediência às medidas do estado de emergência, que entra esta segunda-feira o quarto dia, devido à Covid-19.

Segundo o porta-voz da polícia na província do Bié, José Daniel Capingãla, citado esta segunda-feira pela imprensa local, os seis pastores foram detidos, no sábado, nos municípios do Cuito e Nharea, por realizarem cultos religiosos com aglomeração de mais de 35 fiéis.

Os líderes religiosos e os três moto-taxistas, detidos esta segunda-feira no município do Andulo, por exercício contrário às indicações das autoridades, estão indiciados nos “crimes de desobediência”.

Um decreto presidencial sobre o estado de emergência em Angola para conter a propagação do novo coronavírus, que teve início na sexta-feira passada e deve durar 15 dias prorrogáveis, proíbe a aglomeração de mais de 50 pessoas e o exercício de mototáxi.

Angola regista já duas mortes de pessoas infetadas pela Covid-19 num total de sete casos positivos, conforme anunciou, do domingo, a ministra da Saúde angolana, Sílvia Lutucuta.

Os transportes coletivos públicos e privados devem apenas transportar no máximo “um terço de passageiros”, em relação à sua capacidade, no âmbito do estado de emergência, que interdita também a circulação e permanência de pessoas na via pública.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou mais de 727 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 35 mil. Dos casos de infeção, pelo menos 142.300 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up