Quarta, 11 de Dezembro de 2019
Follow Us

Domingo, 04 Agosto 2019 13:42

O Polémico Projecto Milionário do "Bairro dos Ministérios" de Angola

Namibe – O lançamento do megaprojecto do bairro dos ministérios em Luanda, está a causar um mau estar entre os citadinos da cidade capital, bem como entre os outros povos de Cabinda ao Cunene, e do mar ao leste. Isto é devido ao seu orçamento elevadíssimo que não foi revelado o valor, num país que se diz estar em crise, e com pessoas a sofrerem por causa da seca e da escassez de alimento.

O Polémico Projecto Milionário do Bairro dos Ministérios que contará com 28 edifícios ministeriais, um edifício para o Conselho de Ministros, centro de convenções, campus de justiça, palácio da cultura e um espaço para Expo Luanda.

Do projecto, apresentado aos investidores nacionais e estrangeiros, consta ainda 37 casas protocolares serviços de apoio institucional, estacionamentos, entre outros empreendimentos.

O Bairro dos Ministérios, que vai ligar a Assembleia Nacional e o Palácio da Presidência, comportará também áreas inteiramente dedicadas à iniciativa privada, como centros de negócios, prédios com apartamentos, hotéis, restaurantes e outras facilidades, tudo acoplado numa paisagem com localização privilegiada com espaços verdes.

O projecto é muito bonito e ambicioso, mas não é "bem vindo" nesta fase crise que o país atravessa, onde também os produtos da cesta básica nos armazéns subiram de maneira drástica, mas se fosse antes da crise ou no pós crise teria mais sentido e um grande impacto perante a sociedade.

A ideia que podemos tirar daí é que temos em Angola 28 ministérios, mas é sabido que num país organizado, e com grande visão estratégica nem todos os ministérios devem estar todos juntos num único bairro devido as suas especificidades tais como; o Ministério da Defesa e do Interior, porque em Angola a convivência entre militares e policias nunca foi saudável, para não dizer em outras partes do mundo. Digo isto porque os militares são treinados para combater em terra, água, e mar, bem como no interior das cidades, enquanto os polícias que são chamados de paramilitares lidam mais no interior das cidades, prisões, migração, fronteiras, etc.

Além disso, em alguns países nestes ministérios têm centros de investigação concernente as suas áreas de actuação. Por isso por exemplo, este local onde vai ser erguido o bairro dos ministérios no que toca aos dois ministérios que eu citei acima, serviria somente para albergar o ministério do Interior ou da Defesa, porque estes ministérios precisam de espaço amplo para as suas actividades e outros serviços de apoio. Não é tarde, mais ainda vai se a tempo de corrigir isto para se evitar desperdício de dinheiro público, e atritos entre alguns ministérios, para não sermos julgados pelo futuro.

E no caso de Angola, um dos ministérios com um dos edifícios mais bonito e de grande qualidade, é o Ministério das Finanças que por sinal custou uma fortuna aos cofres do estado. E quem vê este edifício de perto ou na televisão não acredita que está localizado num país de nome Angola, e não vejo motivo para esse ministério mudar de local.

Portanto, ainda temos outros exemplos de países como a Russia (Ministério da defesa da Federação Russa), Inglaterra (MoD) e os Estados Unidos da América (Pentágono), que é o maior edifício de escritórios do mundo reservado a inteligência estratégica e espionagem, é a Central das Forças Armadas dos Estados Unidos, onde o Presidente tem total controle.

*Londaka Sangangula é licenciado em Linguistica Inglês, chefe escuteiro, escritor, investigador e autodidacta desde 2009.

Rate this item
(2 votes)

Log in or Sign up