Angola 24 Horas - Impossibilidade ou embaraço no uso de casas de banho
Menu
RSS

Impossibilidade ou embaraço no uso de casas de banho

Impossibilidade ou embaraço no uso de casas de banho

Uma casa de banho que não tenha água, papel higiénico e/ou rolo de papel, ainda que durante um curto espaço de tempo, ela é torna-se numa latrina. Uma casa de banho de deve estar em boas condições higiénicas e ter os meios indispensáveis para que os eventuais utentes possam usá-la. Entrar numa casa de banho sem que se tenha a possibilidade de a usar é uma situação frustrante para quem pretenda fazer necessidades fisiológicas e/ou higienizar-se. Estar numa casa sem a possibilidade de a usar é o mesmo que morrer de sede diante de um rio.

Durante o período de tempo em se mantém a impossibilidade de se usar uma casa de banho pelas razões apontadas, ela é comparável a uma latrina. Portanto, amigo, não deixe que a casa de banho da sua casa, da empresa ou instituição que dirige se transforme numa latrina. Isto vale para si. Vale para mim. Vale para todos. Organizemo-nos!

Estimado amigo, como está, neste momento, a casa de banho da sua casa, da empresa ou instituição onde trabalha? Podemos usá-la, sem quaisquer embaraços A sua casa de banho é uma verdadeira casa de banho? Ou é uma latrina?

Os trabalhadores de limpeza devem ir às casas de banho para a higienizar, e verificar se nelas há papel higiénico e água. Ascasas nocturnas, empresas e instituições cujas casas de banho não tenham pessoal que se encarregue da higiene, ou melhor, da sua gestão devem ser multadas.

Por último, digo que, quem furta papel higiénico ou produtos de higiene de uma casa de banho de banho – pública ou privada – , é descendente da estupidez e da mesquinhice.

Texto extraído do meu projecto de livro «Os Meus Pensamentos».

José Carlos DE ALMEIDA

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telem: 00244.922 642 499

Last modified onDomingo, 10 Fevereiro 2019 14:55
.
..
.
.
back to top

Recomendamos